“Sextas Abertas”, da FAOP, acontece nesta sexta (24/05), em conexão com o “Fado em Cidades Históricas”

Por Redação Mais Minas
0 comment

Moradores e visitantes de Ouro Preto já podem se preparar para a segunda edição do ano do projeto Sextas Abertas, da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP). Nesta sexta (24/05), a sede do Núcleo de Arte e Ofícios, no bairro Antônio Dias, e o Adro das Dores irão receber atividades gratuitas para todas as idades. Dessa vez a programação irá se conectar com o evento “Fado em Cidades Históricas”, festival que celebra a música portuguesa e a cultura lusófona em geral, promovendo encontros inéditos em Ouro Preto e Petrópolis (RJ).

"Sextas Abertas", da FAOP, acontece nesta sexta (24/05), em conexão com o "Fado em Cidades Históricas"
Primeira edição do ano do projeto Sextas Abertas, da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP) - Foto: Wander Faria

As cenas da primeira edição do “Sextas”, realizado no dia 19/04, ainda estão vivas na memória do público. Foi um dia inteiro de atividades e atrações artístico-culturais que movimentaram o bairro Antônio Dias, que se viu tomado por muita música, performances artísticas, oficinas, rodas de conversa, além da já tradicional feirinha de arte, artesanato e gastronomia de produtores locais. Com isso, o projeto vem cumprindo seu propósito de fomentar as diversas expressões culturais, ao potencializar artistas e coletivos independentes.

A convocação para a participação de artistas, agentes culturais e artesãos segue aberta, por meio de formulário online disponível no link: https://forms.gle/bFM4tQ99xFsDjtDx9

O público pode acompanhar os registros e todas as informações sobre o evento na página oficial do projeto no Instagram: @sextasabertas. 

As oficinas serão realizadas no bairro Antônio Dias, na sede do Núcleo de Arte e Ofícios da FAOP, que funciona no Casarão Pedro Aleixo, um amplo imóvel erguido no século XIX que oferece ambientes variados, incluindo pátios abertos e ateliês de linguagens artísticas distintas. 

Conexão com Portugal

A segunda edição do ano do Sextas Abertas promete arrebatar ainda mais o público ao se conectar com o festival “Fado em Cidades Históricas”. No dia 24/05, a programação noturna do projeto multicultural da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP) será integrada ao evento, que vai celebrar a arte e a cultura lusófonas, considerando também as influências africanas e dos povos originários. A conexão “Fado-Sextas Abertas” vai, ainda, prestar uma homenagem especial ao artista plástico ouro-pretano Tunico dos Telhados, falecido em março deste ano. Tunico, em suas obras, retratou Ouro Preto de forma singular, sempre a partir da vista de seus telhados, e em uma de suas últimas séries juntou a paisagem ouro-pretana à padronagem e geometria dos azulejos. Com a integração dos eventos, outro importante território ouro-pretano terá destaque, o Alto das Dores, endereço da casa-ateliê de Tunico dos Telhados e onde será montado o palco do “Fado”.

CEMIG

O projeto SEXTAS ABERTAS NO ANTÔNIO DIAS é patrocinado pela CEMIG, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. Idealizado pela FAOP – Fundação de Arte de Ouro Preto, com o apoio do Instituto Território Criativo e Realização IRENI Inteligência em Eventos e Governo de Minas Gerais — Governo diferente, Estado Eficiente.

Fonte: FAOP

Comentários Facebook

leia também:

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS