BolsonaroCarrosGoverno FederalJair BolsonaroNotíciasTrânsitoTransporte

Simulador não será mais obrigatório para tirar CNH

Decisão foi informada pelo presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro, publicou hoje (14), no seu Twitter, o fim da obrigatoriedade do simulador no processo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A decisão foi aprovada ontem (13), em um reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Ela foi presidida pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Segundo Tarcísio, a medida tem como objetivo diminuir os trâmites no processo de retirada da CNH. Ele ainda afirmou que o fim da obrigatoriedade vai gerar uma redução de até 15% no valor coletado pelas autoescolas. Dessa maneira, os custos no bolso de quem pretende tirar a habilitação vai diminuir.

Entretanto, com a nova decisão, o aluno terá que realizar obrigatoriamente 20 horas de aula prática. Quem optar por continuar utilizado o simulador, deverá fazer 15 horas práticas e 5 horas de simulador. O ministro afirmou que “o simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu demonstrar que isso tem importância para formação do condutor”.

  Van escolar bate em poste, em BH, e deixa 13 feridos

Sendo assim, ele concluiu dizendo que com o fim da obrigatoriedade do simulador, não há prejuízos na formação do condutor. As autoescolas terão um prazo de 90 dias para se adaptar as mudanças.

Categoria B

As mudanças também englobaram a categoria B. Conforme a nova medida, o número de aulas práticas para quem pretende tirar a categoria B, diminuiu de 25 para 20 horas.

Fechar