Ultimate magazine theme for WordPress.

Terceira temporada de ‘Atypical’ está disponível na Netflix

A série original da Netflix, ‘Atypical’, está com sua terceira temporada disponível no canal de streaming e é uma ótima dica para você assistir um conteúdo que aborda algumas questões sociais importantes, mas bem leve, para entretenimento e entendimento do espectador.

A série traz a história de Sam (interpretado por Keir Gilchrist), um garoto de 18 anos que tem autismo e é fascinado em pinguins. Além disso, o adolescente está em seus últimos tempos no colegial, o que faz pensar sobre o futuro que está entre inseguranças dos pais e os desejos de ir à faculdade e prosseguir a vida de adulto.

Além de Sam, outros personagens principais do programa são sua família, o terapeuta, seu melhor amigo e sua namorada. Enquanto Brigette Lundy-Paine interpreta Casey, a irmã superprotetora de Sam, seus pais Elsa Gardner e Doug Gardner são interpretados por Jennifer Jason Leigh e Michael Rapaport, respectivamente.

A novidade para a terceira temporada é a presença da atriz Sara Gilbert, que atuou em ‘The Big Bang Theory’ como Roseanne e Leslie Winkle. Ela até twittou que iria se juntar ao elenco de ‘Atypical’ para as gravações da série. Eric McComack, mais conhecido por seu papel como Will Truman em ‘Will & Grace’, também deve ter um papel recorrente na terceira temporada como professor de arte universitário excêntrico, com o nome de Shinerock.

Reflexões sociais

‘Atypical’ trouxe, em sua primeira temporada, problemas entre casais de uma família tradicional. Inclusive, os pais de Sam acabam passando por problemas casuais, como infidelidade. Mas claro, o foco principal são os problemas enfrentados diariamente pelo garoto autista, que precisa encontrar uma maneira de se ingressar na sociedade e em sua escola, enquanto precisa se concentrar nas coisas que gosta para manter a calma.

Além disso, já na segunda temporada, a irmã de Sam, Casey passa por problemas para se ingressar na nova faculdade, por sua localidade ser diferente dos demais da maioria dos estudantes. E ainda, ela está em um relacionamento com um homem que mora perto de seu bairro, entretanto, acaba ganhando interesse em uma das meninas da faculdade. Questões de atração por pessoas do mesmo sexo são complexas por si só, e em contexto social, mais ainda, e é outro ponto em que ‘Atypical’ também aborda em seu enredo.

Repercussão na internet

O retorno de novos episódios da série na Netflix deu repercussão nas redes sociais, com internautas comemorando o retorno de ‘Atypical’, e também dando recomendação.

 

Comentários do Facebook