O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Há exatos dois anos, Marília Mendonça tuitou se queixando da rotina de pegar avião

Rodolpho Bohrer 5 de novembro de 2021 às 19:57
Tempo de leitura
1 min

A rainha da sofrência comoveu todo o Brasil com a sua morte nesta sexta-feira, 5 de novembro, após a aeronave em que ela estava cair perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, em Minas Gerais. Além da artista, morreram outras quatro pessoas no acidente.

No dia 5 de novembro de 2019, Marília Mendonça se queixou pelo Twitter da rotina de pegar avião:


“cada um na suas dificuldades, eu trocaria qualquer coisa [pra] n [não] ter que ficar pegando avião. só p[pra] ficar pertinho da família. mas, é isso! somos mais fortes do q[que] imaginamos!”

Post de Marília Mendonça no Twitter — Foto: Twitter/Reprodução

Nascida em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995, Marília Mendonça surgiu como ícone do “feminejo” em 2016, com sucessos como “Infiel” e “Eu sei de cor”. Antes, ela já era compositora de sucessos do sertanejo. Com 26 anos, a cantora deixa um filho de um ano.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 5 de novembro de 2021 às 20:14