O que você procura?

Vallourec se manifesta sobre transbordamento do dique e toque de sirene, em Nova Lima

Rodolpho Bohrer 8 de janeiro de 2022 às 14:55
Tempo de leitura
2 min
Imagem: redes sociais
Imagem: redes sociais

A Vallourec emitiu há poucos minutos uma nota a respeito dos boatos sobre o rompimento da barragem da Mina Pau Branco, em Nova Lima, o que já foi desmentido pelos Bombeiros e pela Defesa Civil da cidade.

De acordo com o comunicado, em função das chuvas excessivas dos últimos dias, houve um carreamento de material sólido da pilha Cachoeirinha para o Dique Lisa, localizado em Nova Lima, ocasionando o transbordamento desse dique, que fica próximo à BR 040. A empresa informa que o dique em questão é uma estrutura de contenção de águas pluviais e não se trata, portanto, de uma barragem de rejeitos de mineração.


Sobre o toque das sirenes, a empresa esclarece que elas foram acionadas em decorrência desse transbordamento e em conformidade com o PAEBM. Como consequência, a BR 040 foi interditada de imediato, pela administradora da rodovia.

Confira a íntegra do comunicado:

A Vallourec informa que não houve rompimento de barragem em sua unidade Mineração. Em função das chuvas excessivas dos últimos dias houve um carreamento de material sólido da pilha Cachoeirinha para o Dique Lisa, localizado em Nova Lima, ocasionando o transbordamento desse dique, que fica próximo à BR 040.

O dique em questão é uma estrutura de contenção de águas pluviais e não se trata, portanto, de uma barragem de rejeitos de mineração. Importante esclarecer, ainda, que o maciço se encontra íntegro e não houve rompimento da estrutura.

Em decorrência desse transbordamento e em conformidade com o PAEBM as sirenes foram devidamente acionadas, na manhã deste sábado (8/1), às 10h31. Como consequência, a BR 040 foi interditada de imediato, pela administradora da rodovia.

A Empresa já acionou os órgãos competentes e está trabalhando em conjunto com as autoridades para minimizar os transtornos ocorridos. De acordo com as apurações preliminares, não há o registro de vítimas.

Vallourec – Unidade Mineração

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 8 de janeiro de 2022 às 17:01