Trilhas e cachoeiras: saiba como planejar seu passeio com segurança

Destaques

Mineirão projeta mensagens para profissionais de serviço essencial em sua fachada

O Mineirão tem projetado em sua fachada depoimentos para os trabalhadores de serviços essenciais que precisam ir às ruas...

Juiz de Fora registra primeira morte por coronavírus, além de 58 confirmações

A cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata, registou a sua primeira morte confirmada por conta do...

Live de Marília Mendonça já ultrapassa 3 milhões de visualizações, assista!

Marília Mendonça está realizando neste momento um "Show Live", da sala de sua casa. Com uma iluminação verde e...

Incêndio criminoso atinge uma casa em Tiradentes; veja fotos

Uma casa foi incendiada na manhã desta quarta-feira (8), por volta das 11h20, no bairro Recanto da Serra, em...

Em Ouro Branco, dois óbitos por coronavírus que estavam em investigação foram descartados

Após ter dois óbitos por coronavírus em investigação, a Prefeitura de Ouro Branco, por meio da Secretaria Municipal de...

Neste domingo (16), 14 trilheiros ficaram ilhados em Santana do Riacho, na Serra do Cipó, enquanto realizavam uma trilha a pé na região. O grupo atravessou o rio Bocaina para visitar uma cachoeira e no fim da tarde, ao retornar pelo mesmo trajeto, perceberam que o volume da água no rio havia aumentado consideravelmente deixando-os ilhados. Com receio de arriscar em virtude da correnteza e por haver pessoas que não sabiam nadar, entraram em contato com o Corpo de Bombeiros para efetuar o resgate das vítimas.

Os militares utilizaram uma corda para fazer a ancoragem e uma outra corda para servir de guia e iniciar a travessia das vítimas. Vestidos de coletes salva-vidas e acompanhados pelo socorrista dos bombeiros, as vítimas concluíram a travessia em segurança.

O que chama a atenção nesta ocorrência é a prudência dos trilheiros em perceber o risco e não se arriscarem tentando atravessar a correnteza do rio. Imediatamente entraram em contato com a administração do parque e em seguida com os bombeiros.

Ao fazer trilhas ou visitar balneários, cachoeiras e outros locais de banho é necessário adotar algumas medidas de segurança como avisar a pessoas conhecidas o trajeto que será feito, levar equipamentos que podem ser úteis em situações adversas e pedir ajuda quando estiver em situação de risco.

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais

Veja também: Uma mulher de 76 anos fica presa em cisterna por 24 horas em Nova Serrana; veja o vídeo

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:


 

- Advertisement -

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail: