O que você procura?

Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Turismo mineiro gerou mais de 27 mil novos empregos em dezembro

O índice da taxa hoteleira foi de 56,9%, um aumento de 2.5 pontos percentuais em relação a outubro.
Rômulo Soares 13 de janeiro de 2022 às 06:27
Tempo de leitura
2 min
Foto: Mais Minas
Foto: Mais Minas

Um relatório produzido pelo Observatório do Turismo de Minas Gerais (OTMG), divulgado na última semana, chamado “Panoramas e Tendências para o Turismo em Minas Gerais Pós-Covid-19”, apresenta dados da edição de dezembro do ano passado. O levantamento apontou para mais de 27 mil novos empregos diretos gerados e mais de 2,6 milhões de viajantes que circularam pelo estado. O índice da taxa hoteleira foi de 56,9%, um aumento de 2.5 pontos percentuais em relação a outubro.

Criado em 2017 pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult-MG), a publicação acompanha os rumos do turismo em Minas Gerais durante a pandemia. Para 2022, o cenário é positivo para o setor no país. Uma pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva teve 65% de pessoas entrevistadas mostrando otimismo. Viajar é o segundo desejo de consumo mais citado no estudo. Ao todo, 93% dos entrevistados afirmaram que é provável ou muito provável que farão uma viagem nacional nos próximos 12 meses.

O relatório do Observatório do Turismo também indica que Minas Gerais cresceu quase o dobro da média nacional no setor. Dados do Índice de Atividades Turísticas mostram que o estado teve um crescimento de 1,8% entre setembro e outubro, enquanto outros estados brasileiros cresceram, em média, 1%. Além disso, segundo o documento, no mesmo período, a variação de receitas geradas pela atividade turística subiu 5,1% em Minas, enquanto a média nacional foi de 3,4%.


E ainda, o relatório revela que, em novembro, mais de 2,6 milhões de viajantes circularam por Minas Gerais. Segundo dados da última Pesquisa de Demanda, realizada pelo Governo do Estado, em 2016, a média de gasto de um turista em terras mineiras era de cerca de R$ 105 por dia e a média de permanência era de aproximadamente seis dias, o que daria o valor R$ 630 por turista. Portanto, o montante chega a R$ 1,64 bilhão injetado na economia. Levando em conta o total do fluxo de turistas desde o lançamento do Reviva Turismo (13,7 milhões), o resultado de recursos atingiria a R$ 8,63 bilhões, de acordo com os cálculos da Secult-MG.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.