Em Uberlândia, número de mortes por coronavírus aumenta, se aproximando de BH

Foram confirmadas, na tarde de segunda-feira (15), mais seis óbitos causados pelo coronavírus em Uberlândia, cidade localizada no Triângulo Mineiro. O novo registro de óbitos em 24 horas é o maior desde o início de divulgação dos boletins diários.

Após os novos registros, a cidade agora chega a 63 mortes pelo coronavírus, sendo a segunda cidade com mais mortes confirmadas, ficando atrás somente de Belo Horizonte, capital mineira, com 67 vítimas.

De acordo com o boletim, a cidade possui 314 casos suspeitos, 3.855 casos confirmados, 7 óbitos suspeitos e 63 óbitos confirmados. O município de Uberlândia é o que possui mais casos confirmados no estado.

Além disso, 143 pacientes estão internados, em rede pública ou privada, e 94% dos leitos de rede pública estão sendo ocupados por pacientes do coronavírus. Segundo a prefeitura da cidade, apenas 4 leitos estão disponíveis para atendimento no sistema público de saúde.

Casos em Belo Horizonte

Em um intervalo de três dias sem publicação dos dados da Covid-19, na tarde de ontem (15) a Secretaria de Saúde de Belo Horizonte atualizou os números com 393 novas infecções de coronavírus e um novo óbito. Até a última publicação o total de óbitos chega a 67 e o número de recuperados é de 2.812.

A capital mineira também faz o controle do número de profissionais da saúde infectados pelo novo coronavírus. Até o momento, de 2.407 profissionais testados, 179 deram positivo e 2.151 negativos. O número de casos em investigação é de 77.

Casos em Minas Gerais

Minas Gerais registrou seis óbitos tendo o coronavírus (COVID-19) como causa em 24 horas. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgo mais um Informe Epidemiológico detalhando a situação do COVID-19 no estado.

Até o momento foram 21.728 casos confirmados. Estão em acompanhamento 9.694 casos e são 11.553 recuperados. Até o momento, foram confirmados 481 óbitos.

Leia também: Duas idosas, de 81 e 93 anos, recebem alta após recuperarem do coronavírus em Conselheiro Lafaiete

Comentários