Veja os diferentes tipos de transmissão do novo coronavírus

Em meio a pandemia do novo coronavírus, que, segundo o boletim epidemiológico publicado ontem (18), já testou positivo para 19 pessoas em Minas Gerais, muitas informações surgem e podem causar dúvidas e confusão na cabeça da população. E um dos assunto que tem se falado e que ainda é motivo de questionamento na cabeça das pessoas são os tipos de transmissão do vírus.

Em Belo Horizonte há registro de transmissão comunitária da doença. Em Juiz de Fora foi transmissão local. Nas outras cidades, os casos de coronavírus foram contraídos em outros países. Bom, e o que são cada um destes tipos de transmissão? Confira.

Transmissão importada

Esse foi o primeiro tipo de transmissão a aparecer no país. Se trata da contaminação que provém de pessoas que contraíram o novo coronavírus no exterior e voltaram ao Brasil já com os sintomas, ou que a doença se desenvolveu dentro do prazo de incubação do vírus, que é de 14 dias, após o retorno.

Transmissão local

A segunda fase de contaminação consiste na transmissão do vírus de pessoas que estiveram e contraíram o vírus no exterior para pessoas que não saíram do país. Inicialmente, haviam somente casos de transmissão importada no Brasil, o que mudou com o agravamento da pandemia.

Transmissão comunitária

Essa é a fase mais grave da pandemia, quando já não é possível identificar a fonte da contaminação de uma pessoa naquele local. O contágio acontece no dia a dia, de pessoas que não necessariamente saíram do país, ou tiveram contato com alguém que saiu. Isso torna difícil o controle, pois pessoas que deveriam estar em isolamento podem estar contaminando outras sem saber.

Como dito acima, em Minas Gerais, a única cidade que apresentou casos de transmissão comunitária, até então, foi Belo Horizonte. Em Juiz de Fora já foi encontrado transmissão local, e nas cidades de Coronel Fabriciano, Divinópolis, Ipatinga, Patrocínio, Sete Lagoas e Uberlândia, a transmissão se deu de forma importada.

Veja também: Sobe para dez o número de casos confirmados de coronavírus em Belo Horizonte

 

Comentários