Take a fresh look at your lifestyle.

Viajar para casar está em alta entre os noivos brasileiros

Há ideias originais para esse tipo de casamento em cenários encantadores. Uma experiência especial, intensa e emocionante para o casal e seus convidados

Para os noivos que desejam sair do roteiro comum, fazer uma cerimônia em lugares diferentes, uma das escolhas em crescimento é o Destination Wedding. Trata-se do casamento fora da cidade natal do casal, que pode ser no exterior ou em um local com cenário singular para proporcionar uma experiência inesquecível. Segundo Maristela Gomez, especialista há 20 anos em roteiros personalizados, existe uma diversidade de alternativas como: praias paradisíacas, vilarejos históricos, campo ou metrópole. 

Uma lista extensa de destinos, com possibilidades para celebrar com personalidade em todo o mundo, desde a cerimônia tradicional ou o qualquer outro desejo dos noivos. É possível realizar um casamento em Paris num barco sobre o Rio Sena. Na Grécia com vista para o mar mediterrâneo. Em uma cidadezinha bucólica na Itália, em uma quinta portuguesa ou em vila medieval. Na Ásia há paisagens espetaculares, cultura e muitas opções. A Tailândia, Indonésia, Vietnã, Butão e até nas exuberantes ilhas Filipinas podem proporcionar casamentos inigualáveis. Também as ilhas no Oceano Índico como Maurício, Seychelles e Maldivas.

O Brasil também contempla muitos cenários fantásticos como Trancoso, Búzios, Península de Maraú, Fernando de Noronha, Jericoacoara, tudo para se inspirar e sonhar. Para os que priorizam bom custo, o Caribe é um prato cheio. Os hotéis têm estruturas excepcionais, em alguns, há os pacotes básicos de casamento oferecidos gratuitamente a partir do momento que o casal se hospeda. 

De acordo com Maristela Gomez, dois fatores importantes e devem estar entre os primeiros itens do planejamento. O primeiro é o que o orçamento do casal se irá abranger, transporte e hospedagem para todos? Somente para os pais? Também os padrinhos? Para ninguém? O segundo que o casal precisa conhecer a cultura e os recursos locais, para estar em harmonia com eles ou um wedding planner. Esse profissional tem contribuição essencial para que os noivos fiquem totalmente livres para curtir o casamento e seus convidados, bem como, para que tudo transcorra da melhor forma, exatamente como programado.

Até os convidados se envolvem nessa escolha e prestigiam. “Muitas pessoas fazem questão de participar em grande número a esse tipo de casamento. Os convidados aproveitam essa viagem para tirar férias em um lugar diferente, mas, sobretudo, querem estar ao lado do casal e prestigiar amigos ou familiares em uma data tão importante.”, comenta a agente de viagens.  

Dicas:

O casal deve tomar cuidado e disparar com antecedência razoável a “reserva de data” para programação dos convidados e também enviar junto com o convite, que deve ser entregue com o maior prazo possível. Tudo com informações sobre o destino e o estilo do casamento, com o objetivo de integrá-los a ocasião e também deixá-los mais a vontade.

Antes de escolher a data para o casamento, precisa considerar fatores como: clima (época de chuva, sol ou frio), alta e baixa temporada, grandes eventos (Carnaval, feiras importantes, festivais culturais, colheita de vinhos e etc).

Os noivos devem pré definir qual a cerimônia dos seus sonhos:

Casamento Simbólico – muito indicada para um Destination Wedding no exterior, pois evita a burocracia de documentos. É uma experiência linda, pode ser personalizada e ter detalhes importantes para o casal.

Casamento Religioso – O profissional que estiver auxiliando o casal deve também verificar quais as exigências a serem providenciadas, bem como os noivos precisam saber que a cerimônia acontece dentro da igreja ou templo. 

Elopement Wedding ou cerimônia Íntima – somente o casal, desta forma não precisam se preocupar com convidados e poderão viver o momento somente para os dois;

Mini Wedding – apenas os mais íntimos, mas será preciso providenciar logística e hospedagem, bem como definir se o casal arcará com os custos (isso é muito importante);

Destination Wedding – com todas as pessoas queridas no evento (uma das observações é que o destino deve comportar o número de convidados, tanto para a recepção, quanto para a hospedagem). Ter uma programação de logística, atividades, recepção e descritivo de todas as etapas para todos.

Close