Acompanhe em tempo real a disseminação do Coronavírus

O novo coronavírus está disseminando nos países do oriente. Ao todo, já foram confirmados 2.886 casos da doença, dos quais 1.423 pessoas contraíram o vírus em Hubei, China, local que já registra 76  mortes em decorrência da doença. Em segundo lugar, está Guangdong, que contabiliza 151 pessoas infectadas.

O site Gisand Data está fornecendo um mapa que atualiza os números em tempo real. Através do mapa, é possível saber em quais lugares o vírus já chegou, além do número de infectados e os óbitos.

Nesta segunda-feira (27), a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou como “elevado” o risco de contaminação internacional pelo coronavírus. Segundo a OMS, a nova classificação na verdade trata-se de uma correção, um “erro de formulação”, pois antes a Organização havia classificado o risco como “moderado”.

Enquanto isso, a China corre contra o tempo para construir dois hospitais para atender as demandas da população infectada pelo vírus. O prazo que Wuhan tem para construir os centros de atendimento é de dez dias. Ao todo serão disponibilizados mil leitos. As obras de um dos hospitais iniciaram na última sexta-feira (24). A nova unidade de saúde terá uma área de 25 mil m²  e está previsto para ser entregue no dia 3 de fevereiro. Há centenas de trabalhadores executando a obra.

As pessoas que contraíram o novo corona vírus podem sofrer de  Síndrome Respiratória Aguda Grave, o que pode causar parada respiratória e óbito. A família do coronavírus atua no sistema respiratório, impedindo com que os órgãos responsáveis pelo sistema respiratório humano e de animais funcione. Os sintomas são bem parecidos com os de uma gripe simples, no entanto, o coronavírus causa infecções que, se não tratadas a tempo, pode matar.

Através do site Gisandata, é possível acompanhar em tempo real a disseminação do novo coronavírus. Por ele, os brasileiros podem constatar que a doença ainda não chegou no Brasil.

Uma esperança

Médicos cientistas do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, estão desenvolvendo vacinas para combater o coronavírus. Os testes em humanos dentro de até três meses.Está sendo usado como base para a criação da vacina o código genético desta nova mutação do coronavírus, o 2019-nCOV.

Comentários estão fechados.