28.9 C
Belo Horizonte
terça-feira, 16 agosto 2022

Show sertanejo em Ouro Preto (MG) custa R$ 130 mil aos cofres públicos

Contratada para a programação da festa de...

Ouro Preto já prepara seu tradicional carnaval para o ano de 2023

Com um dos carnavais mais tradicionais do...
Portal Mais MinasAgenda Cultural21º Festival Mundial do Circo leva apresentações para Ouro Preto e Mariana no mês de agosto

21º Festival Mundial do Circo leva apresentações para Ouro Preto e Mariana no mês de agosto

A trupe circense LaMínima se apresentará em Ouro Preto e Mariana no mês de agosto. A circulação dos espetáculos nas duas cidades históricas fazem parte da programação do 21º Festival Mundial do Circo, que chega em 2022 na capital mineira e cidades do interior do estado.

Em Ouro Preto serão apresentados dois espetáculos distintos, o Rádio Varieté, marcado para o dia 12 de agosto às 19h no Museu Boulieu e Circo Charanga, com circulação no dia 13 de agosto, às 11h, no Parque Horto dos Contos.

O grupo LaMínima levará a peça Rádio Varieté e a Reprise para a Praça Gomes Freire (Jardim), em Mariana, nos dias 13, às 16h, e 14 de agosto, às 11h.

A circulação do LaMínima por Minas Gerais tem patrocínio do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

A Cia. LaMínima, que neste ano completa 25 anos de história, fará 22 apresentações nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, entre as cidades escolhidas estão Ouro Preto. Mariana, Brumadinho, Belo Horizonte e outras.

Nesta edição o Festival Mundial de Circo acontece em agosto e volta para as praças, ruas e palcos de Belo Horizonte e outras cidades com força e resiliência. Além da programação associada do LaMínima, a 21ª edição do festival vai levar a Mostra de Cenas Circenses, com a participação de artistas circenses do Brasil e do Canadá em Belo Horizonte.

Festival Mundial do Circo em Ouro Preto e Mariana (Grupo LaMínima)

Festival do Circo em Ouro Preto

12 de agosto, sexta-feira

  • 19h – Rádio Varieté 
  • Local: Museu Boulieu – Rua Padre Rolim, 412 – Centro 

13 de agosto, sábado

  • 11h –  Circo Charanga 
  • Local: Parque Horto dos Contos – Portaria do Pilar (ao lado da Basílica Nossa Senhora do Pilar 

Festival Mundial do Circo em Mariana 

13 de agosto, sábado 

  • 16h – Rádio Varieté 
  • Local: Jardim (Praça Gomes Freire) 

14 de agosto, domingo

  • 11h – Reprise 
  • Jardim (Praça Gomes Freire)

Sinopses das apresentações do LaMínima no Festival Mundial do Circo em Ouro Preto e Mariana 

Rádio Varieté

Uma homenagem ao palhaço brasileiro e ao rádio, meio de comunicação popular por excelência, que persiste na sua importância, onde artistas e público farão parte de um programa sobre simples memórias, desejos e emoções, que constroem a grande e complexa relação humana dos cidadãos comuns. Na rádio da La Mínima, três artistas do teatro de variedades num local público começam a instalar uma parafernália um tanto tecnológica, porém aparentemente obsoleta. Aos poucos este conjunto toma forma de um estúdio de rádio-circo-teatro, onde desfilarão atrações jornalísticas-dramático-musicais.

Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 8 anos

Circo Charanga

Três palhaços erguem uma pequena lona no meio da rua e apresentam um espetáculo de variedades. Em meio a belos screamers, as tradicionais marchas circenses executadas pelas charangas, lançam desafios, apresentam reprises, números de habilidade e de música excêntrica, nos moldes dos circos clássicos. “Circo Charanga” é uma homenagem à palhaçaria de picadeiro e à tradição dos circos de lona. Neste espetáculo, a La Mínima revisita esquetes escolhidas e contadas especialmente para nós por artistas que são referência na palhaçaria brasileira, como Biribinha, Tubinho e Dedé Santana. De técnicas, o elenco se aprofundou na manipulação de chapéus e em novos exercícios de acrobacia. Da música, retomaram o estudo do piano de garrafa e encaramos um trio de sopros, formando a charanga.

Classificação Etária indicativa: Livre 

Reprise

Ao chegarem no local de sua apresentação, dois palhaços descobrem que foram contratados para o mesmo local, no mesmo horário, pela mesma pessoa. Depois de infrutíferas tentativas de provar um ao outro sua prioridade no picadeiro, decidem realizar este trabalho juntos. Mas no decorrer do show, percebem que juntos seus talentos se multiplicam e também é uma boa oportunidade de renovar o repertório. Nesta montagem, a La Mínima presta  homenagem direta à tradição a qual fazem parte como origem e estética e ao mesmo tempo buscam nesta raiz, recriar novas formas de narrativas. Desta vez, para encenar uma metáfora sobre a amizade nos dias de hoje, utilizam-se de técnicas e reprises clássicas (tradicionais atos de palhaços de circo), como eixo para o roteiro, buscando construir simbolicamente, uma interpretação da construção e fortalecimento das relações humanas.

Faixa etária indicativa: Indicado para crianças a partir de 5 anos.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: