Take a fresh look at your lifestyle.

América perde para a Chapecoense e se complica no Brasileirão

Em Santa Catarina, América perde para a Chapecoense,  estaciona nos 34 pontos, e, há oito jogos sem vitórias, se complica no Brasileirão, ficando fora do Z-4 por apenas o critério de saldo de gols.

A partida entre Chapecoense e América, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, aconteceu na noite desse último sábado (27/10), na Arena Condá, em Santa Catarina. A primeira etapa foi marcada por dois gols anulados, um para cada lado, ambos por troque de mão.

O primeiro gol anulado, aconteceu pelo lado do América. Aos 11 minutos, Robinho aproveitou cruzamento de Luan, fez o domínio e chutou para o fundo da rede, mas a arbitragem decidiu invalidar, assinalando que Robinho fez o domínio de bola com o braço. Depois disso, já aos 27 minutos, foi a vez de Doffo balançar a rede pelo time da Chape e também ver seu gol ser anulado pela arbitragem, que acabou apontando toque de mão do meia para conseguir ajeitar a bola. Os dois lances acabaram causando bastante confusão em campo, e assim, os jogadores de ambos os times pressionaram o árbitro Wilton Pereira Sampaio, como também os seus assistentes. Porém, por verificação de imagem em vídeo, é possível constatar que o juiz acertou na marcação de falta nessas duas jogadas.

Já o gol que decidiu a partida foi marcado aos 14 minutos do segundo tempo, com Wellington Paulista. O atacante balançou a rede com apenas dois minutos em campo, ao entrar no jogo substituindo Osmar. Na jogada, o centroavante da Chape aproveitou bom cruzamento na área e testou firme para o fundo do gol, sem chances para o goleiro João Ricardo. Decretando assim a vitória por 1 a 0 para o time catarinense.

Com o resultado, o América chega a marca de 8 jogos sem vitória, ficando na 16ª colocação, com 34 pontos, mesma pontuação da própria Chapecoense, que está em 17° lugar, e é o primeiro time na zona de rebaixamento, porém o Coelho leva vantagem no critério saldo de gols, (-10 para o América e -15 para os catarinenses).

 

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 X 0 AMÉRICA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data:
27 de setembro de 2018, sábado
Horário:
19h (de Brasília)
Árbitro:
Wilton Pereira Sampaio (GO) Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Público:
13.238 pessoas
Renda:
R$217.270,00
Cartões amarelos:
Ivan e Bruno Pacheco (Chapecoense) Gersão Magrão, Aylon, Aderlan e Paulão (América)
Cartão vermelho:
não teve
GOLS:
CHAPECOENSE: Wellington Paulista, aos 14 minutos do segundo tempo

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Barreto, Canteros (Orzusa) e Doffo (Bruno Silva); Osman (Wellington Paulista) e Leandro Pereira
Técnico: Claudinei Oliveira

AMÉRICA: João Ricardo; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos (Ruy); Zé Ricardo, Juninho e Gerson Magrão; Robinho (Rafael Moura), Luan e Giovanni (Aylon)
Técnico: Adilson Batista

Close