NotíciasSmartphoneTecnologia

Após descobrir falha de segurança, WhatsApp pede que usuários atualizem o aplicativo

 O WhatsApp informou que detectou uma vulnerabilidade em seu sistema que permitia que hackers instalassem à distância um tipo de “spyware”, um software espião, para ter acesso a dados dos aparelhos.

Em um comunicado à impressa, a empresa confirmou a informação e pediu ao 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo que “atualizem o aplicativo para a sua versão mais recente” e mantenham seu sistema operacional atualizado com a finalidade de se proteger contra possíveis ataques destinados a comprometer as informações armazenadas em seus dispositivos móveis.

Segundo a empresa, o software espião que foi instalado nos aparelhos se assemelha à tecnologia desenvolvida pela empresa de cibersegurança israelense NOS Group, o a colocou como a principal suspeita por trás do programa de espionagem.

O WhatsApp, que foi adquirido pelo Facebook em 2014, ainda afirmou que um grande número de telefones foi afetado pelo software espião e que as vítimas foram escolhidas de maneiras especifica. A empresa também destacou que o episódio não se trata de um ataque em grande escala.

 

Como atualizar o WhatsApp?

Para atualizar o aplicativo, basta seguir as seguintes etapas:

1) Caso seja usuário do sistema Android, entre no Google Play Store. Se seu sistema operacional é o iOS (iPhone), entre no Apple Store;

2) Use a busca para procurar o WhatsApp e clique em atualizar;

3) Clique no aplicativo e verifique se o número da versão instalada em seu aparelho é igual a aquelas mais seguras divulgadas pela empresa;

Se você fez os passos acima e não encontrou a opção “atualizar”, não se preocupe. Isso pode ocorrem em aparelhos que podem estar configurados para atualização automática de aplicativos e, certamente,  já realizou o download da nova versão.

A última atualização do WhatsApp foi disponibilizada na última segunda-feira (13).  É possível conferir na Google Play Store e na AppStore qual versão do aplicativo está instalada em seu aparelho.

Facebook Comentários

Etiquetas
Mostrar mais
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios