Take a fresh look at your lifestyle.

Atlético está de volta à Copa Libertadores

Com apoio da Massa, Atlético está de volta à competição internacional

Com apoio da Massa, Atlético derrota Botafogo, mantém sexta colocação, e garante volta à Copa Libertadores em 2019.

A vitória foi magra, (por 1 a 0), e o Atlético passou sufoco durante alguns momentos no jogo, (especialmente nos últimos minutos), pois afinal, como diz o ditado: “se não é sofrido, não é Galo”. Porém, ao encerrar da partida, a Massa pôde gritar que “estamos de volta à Copa Libertadores”.

Melhores momentos do jogo

Para essa partida, válida pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, os times atuaram com as seguintes formações:

Atlético – Victor; Emerson, Leonardo Silva (Gabriel), Gabriel, Fábio Santos, Adilson, Elias (Zé Welison), Luan, Cazares, Chará e Ricardo Oliveira (Terans).
Técnico: Levir Culpi.

Botafogo – Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello, Moisés, Gustavo Bochecha (João Paulo), Matheus Fernandes, Marcos Vinícius (Leandrinho), Yuri (Ezequiel), Kieza e Rodrigo Pimpão.
Técnico: Zé Ricardo.

Primeiro tempo – O Atlético começou fulminante, criando duas boas jogadas nos três primeiros minutos de jogo. No primeiro, Cazares fez bom cruzamento para Luan, que escorou de cabeça para Leonardo Silva, na segunda trave. O zagueiro jogou a Redonda para o meio da área, e Ricardo Oliveira fez a finalização, porém a zaga afastou. Mas na sequência, Luan ficou com o rebote, criando boa oportunidade, porém a defesa cortou novamente. A bola ainda sobra para Elias, que acabou chutando pra fora. Já no segundo lance, Cazares, em cobrança de falta, lançou a bola ao ataque, ela passou por todos os jogadores que estavam na área, e ela ficou com Luan, que mandou a redonda em direção ao gol, mas ela acabou saindo pra fora, passando bem perto da trave.

Com 9 minutos, Cazares cobrou escanteio na direção de Ricardo Oliveira, o atacante subiu e testou a redonda, que passou por cima do gol. Aos 17 minutos,  Emerson recebeu bom passe de Luan, que passou por Moisés e rolou para o meio da área. Cazares apareceu sem marcação e mandou no canto de Gatito Fernández para abrir o placar no Independência: 1 a 0 pro Galo. Três minutos depois, Leonardo Silva recebeu cartão amarelo, por fazer falta em Kieza.

Aos 34 minutos, Ricardo Oliveira cobrou falta, a bola desviou na barreira, obrigando Gatito Fernández a pular no canto direito para fazer a defesa. Cinco minutos depois, Elias foi amarelado, por entrada faltosa em Matheus Fernandes. Já aos 49 minutos o juiz apitou fim da primeira etapa, para Atlético 1, Botafogo 0.

Segundo tempo – Para a segunda etapa, os times voltaram com as mesmas formações. Com 5 minutos, Emerson recebeu cartão amarelo por entrada forte em Moisés. Aos 10 minutos, Gabriel entrou na vaga de Leonardo Silva. Quatro minutos depois, Victor recebeu cartão amarelo por reclamação. Já aos 28 minutos, Elias saiu para errada de José Welison, e aos 33, David Terans ganhou a vaga de Ricardo Oliveira no ataque.

Nos últimos minutos, o Botafogo se lançou ao ataque, buscando empatar a partida, pressionando o time do Galo. E com 47 minutos, Kieza perdeu uma chance incrível, sozinho, de cabeça, dentro da área. E assim, aos 49 minutos, o juiz apitou pela última vez na partida. Placar final: Atlético 1, Botafogo 0.

Com a vitória, o Galo chegou à 59 pontos, garantindo a sexta colocação na tabela, e, consequentemente, classificação para a fase de mata-a-mata, (que antecede a de grupos da Copa Libertadores), em 2019. Já o Botafogo fica, provisoriamente, em 9° lugar, com 51 pontos, podendo ser ultrapassando pelo time do Santos (10° colocado, com 50 pontos, e que ainda não jogou na rodada), porém, os cariocas já estão garantidos na Copa Sul-Americana do próximo ano, independente do que aconteça no restante da rodada.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 1 x 0 BOTAFOGO

Motivo: Campeonato Brasileiro (38ª rodada)
Data: 2/12/2018
Hora: 17h
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Cazares (17’/1ºT)
Público: 22.365
Renda: R$313.452,00
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (AB-SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Neuza Inês Back (FIFA SC)
Quarto Árbitro: Johnny Barros de Oliveira (AB-SC)
Assistentes Adicionais: Edson da Silva (CD-SC) e Evandro Tiago Bender (CD-SC)
Cartões amarelos: Leonardo Silva, Elias, Emerson, Victor (Atlético); Matheus Fernandes, Yuri, Rodrigo Pimpão (Botafogo)

Close