Take a fresh look at your lifestyle.

Atlético joga com raça e derruba invencibilidade do Internacional

Em jogo bastante movimentado, Atlético sai à frente, sofre revés do empate, mas na raça faz 2 a 1 no placar e derruba invencibilidade do Internacional no Beira Rio.

Melhores momentos do jogo

Na partida, que aconteceu na noite dessa quarta-feira (21/11), pela 36ª rodada do Brasileirão, os times atuaram com as seguintes formações:

Internacional – Marcelo Lomba; Fabiano (Juan Alano), Emerson Santos, Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, D’Alessandro, Edenílson, Patrick (Camilo), Nico López (Rossi) e Leandro Damião.
Técnico: Odair Hellmann.

Atlético – Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana, Patric, Adilson, Matheus Galdezani (Lucas Cândido), Luan (David Terans), Cazares, Chará e Ricardo Oliveira (Alerrandro).
Técnico: Levir Culpi.

Primeiro tempo – Aos 8 minutos, o Internacional chegou ao ataque com bom levantamento de bola na área. Leandro Damião fez o domínio, girou e tentou a finalização, mas Adilson chegou bem para fazer o corte. A partida seguiu disputada, especialmente no meio de campo e, aos 16 minutos, Patrick recebeu pela esquerda, puxou para o meio e fez a finalização, mas bola subiu demais e, com perigo, acabou saindo por cima do gol defendido por Victor.

Dois minutos depois, foi o Atlético que chegou com perigo. Após bom levantamento na area, a defesa do Inter conseguiu fazer o corte, Yimmi Chará ficou com o rebote e bateu de primeira, mas a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo. Com 26 minutos, Chará dominou pela esquerda e fez bom passe para Cazares, que chutou de primeira e, com bastante força, a bola acabou saindo pra fora do gol.

A partida seguiu disputada, com bastante entrega de ambos os lados, até que, aos 42 minutos, o Galo abriu o placar com gol de Cazares. Em jogada de contra-ataque, Adilson fez bom passe para Yimmi Chará. O colombiano fez o domínio e tocou para Cazares que avançou pelo lado esquerdo. O equatoriano arriscou o chute para fazer um belíssimo gol no estádio Beira Rio: Atlético 1, Internacional 0, placar final do primeiro tempo, que terminou aos 47 minutos.

Segundo tempo – Para a segunda etapa, os times voltaram com as mesmas formações. Com 7 minutos, Leandro Damião foi lançado na área e, de costas, conseguiu fazer o domínio, girar e fazer o chute, mas a bola acabou subindo e saiu para fora do gol. Aos 16 minutos, Camilo fez cobrança de escanteio, a bola foi desviada e sobrou para Patric, que não conseguiu fazer o domínio. E assim, a redonda acabou  ficando com Leandro Damião, que, praticamente embaixo da trave, chutou a bola por cima do gol. Por bem pouco não saiu o empate.

Dois minutos depois, Alerrandro entrou na vaga de Ricardo Oliveira no ataque do Galo. Aos 24, Luan saiu para entrada de David Terans, e nesse mesmo minuto, Adilson recebeu cartão amarelo. Já aos 31 minutos, Levir Culpi fez a última substituição no Atlético. Lucas Cândido entrou no lugar de Matheus Galdezani.

Quatro minutos depois, Rossi avançou pelo lado esquerdo de ataque, ele passou por Emerson e cruzou para Leandro Damião que armou o chute, mas foi empurrado por Iago  Maidana. E o juiz não pensou duas vezes para assinalar pênalti para o time Internacional. Maidana foi amarelado pela falta cometida. D’Alessandro fez a cobrança no canto direito de Victor, que caiu para o outro lado, e assim nada pôde fazer: 1 a 1 no placar.

Com 46 minutos, Juan Alano fez um lindo passe pra Rossi pelo lado esquerdo de ataque. O atacante fez o domínio e bateu para o fundo do gol, mas o juiz assinalou impedimento no lance. Um minuto depois, em mais um lance de contra-ataque, Cazares avançou pela direita, levantou a cabeça e fez excelente cruzamento para David Terans na área. O uruguaio fez o desvio para mandar a redonda para o fundo do gol: 2 a 1 para o Atlético. Aos 49 minutos, Lucas Cândido fez o domínio na entrada da área e chutou muito forte. A bola explodiu no travessão. Quase o terceiro do Atlético. E assim, um minuto depois, o juiz apitou o fim de partida para Internacional 1, Atlético 2.

Com a vitória, o Atlético derruba a invencibilidade do Internacional em casa no Campeonato Brasileiro, chegando aos 56 pontos, se mantendo na sexta colocação. Já o Inter fica estacionado em terceiro, com 65 pontos.

Close