Auxílio Emergencial: segunda parcela começa a ser paga na segunda-feira (18)

A Caixa Econômica Federal atualizou informações sobre o pagamento da parcela do Auxílio Emergencial. De acordo com o presidente da estatal, Pedro Guimarães, os pagamentos começarão a ser liberados pelas agências na próxima segunda-feira (18).
Quase 97 milhões de brasileiros se inscreveram para receber o valor de R$ 600, referente ao benefício, dos quais trinta porcento não cumpriram os requisitos. Outros estão aguardando a análise realizada pelo Dataprev, empresa que anunciou que terminaria de analisar os pedidos nessa quarta-feira (13), porém, o sistema está fora do ar e muitos brasileiros ainda estão sem saber se receberão ou não o dinheiro.
Guimarães realizou o anúncio após a Caixa passar 15 dias sem realizar nenhum pagamento do Auxílio Emergencial.
Segundo Guimarães, na sexta-feira(15) e no sábado (16), outro lote ainda da primeira parcela do benefício será liberado.
O Auxílio Emergencial foi criado para atender necessidades básicas em tempos de pandemia do coronavírus para microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. A previsão do Governo é que o valor de R$ 600 seja pago por três meses, porém ainda não há definição para o fim da pandemia.
Embora tenha divulgado a data prevista para o início do pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial, a Caixa ainda não divulgou o calendário.

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial:

Pode solicitar o benefício o cidadão maior de 18 que atenda a todos os seguintes requisitos:
Esteja desempregado ou exerça atividade na condição de:
Microempreendedores individuais (MEI);
Contribuinte individual da Previdência Social;
Trabalhador Informal;
Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo  (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).
Leia também: Veja o calendário de pagamentos da primeira parcela do auxílio emergencial do Governo

COMENTE