Brasil atropela Argentina e se classifica para as Olimpíadas; veja jogadores com idade olímpica

Destaques

Mineirão projeta mensagens para profissionais de serviço essencial em sua fachada

O Mineirão tem projetado em sua fachada depoimentos para os trabalhadores de serviços essenciais que precisam ir às ruas...

Juiz de Fora registra primeira morte por coronavírus, além de 58 confirmações

A cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata, registou a sua primeira morte confirmada por conta do...

Live de Marília Mendonça já ultrapassa 3 milhões de visualizações, assista!

Marília Mendonça está realizando neste momento um "Show Live", da sala de sua casa. Com uma iluminação verde e...

Incêndio criminoso atinge uma casa em Tiradentes; veja fotos

Uma casa foi incendiada na manhã desta quarta-feira (8), por volta das 11h20, no bairro Recanto da Serra, em...

Em Ouro Branco, dois óbitos por coronavírus que estavam em investigação foram descartados

Após ter dois óbitos por coronavírus em investigação, a Prefeitura de Ouro Branco, por meio da Secretaria Municipal de...

Foi no último momento, mas o Brasil garantiu sua participação nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Atual dona da medalha de ouro, a Seleção Brasileira precisava bater a rival Argentina, já garantida na primeira colocação do Pré-Olímpico para se classificar. Empate ou derrota eliminava os brasileiros. E os garotos do Brasil cresceram quando mais foi preciso e atropelaram os “Hermanos” por 3 a 0, com gols de Paulinho e Matheus Cunha (2), além de diversas outras grandes chances perdidas.

O adversário da noite de domingo (9) era o pior possível. Diferentemente do Brasil, a Argentina contava com seus principais destaques sub-23, como é o caso do meia Alexis McAllister, meia do Boca Juniors.

A Seleção Brasileira não pode contar com seus melhores atletas da categoria por falta de liberação dos clubes detentores de seus passes. Foi assim com a dupla Rodrygo e Vinícius Júnior, do Real Madrid, e com Gabriel Martinelli, do Arsenal. Além disso, jogadores como Gabriel Jesus, do Manchester City, e Renan Lodi, do Atlético de Madrid, que já integram a Seleção principal, ainda tem idade olímpica e podem ser chamados.

Gols

O primeiro gol do Brasil saiu logo aos 12 minutos, já dando cera tranquilidade aos garotos. Pedrinho deu bela assistência por cobertura, nas costas da defesa, para Paulinho, que dominou e tocou na saída do goleiro Cambeses para abrir o placar.

Se o primeiro gol foi de alívio, o segundo deu ainda mais tranquilidade confiança para a Seleção Brasileira. Aos 29 minutos o zagueiro Nehuén Pérez tentou recuar de cabeça, de muito longe, para o goleiro Cambeses. Mas o passe foi fraco e Matheus Cunha esperto para tocar por cima do goleiro e completar. O zagueiro ainda conseguiu evitar o gol, em cima da linha, mas a bola voltou a cair nos pés do 9 brasileiro, sem goleiro, e ele não perdoou. Dois a zero Brasil.

No segundo tempo, o golpe de misericórdia. Aos 9 minutos, Matheus Cunha fez boa jogada pela direita, tocou par Paulinho e recebeu, mais uma vez, do meia, para dominar e bater cruzado. Mais uma vez o zagueiro Pérez foi vilão e atrapalhou a visão do goleiro, que ficou estático no lance. Três a zero e placar fechado na Colômbia.

Classificados

Além de Brasil e Argentina, outras 12 seleções já garantiram vaga nas Olimpíadas de Tóquio, que serão disputadas entre julho e agosto. São elas Japão (anfitrião), França, Alemanha, Espanha, Romênia (representando a Europa), Nova Zelândia (da Oceania), Egito, Costa do Marim e África do Sul (representando a África), Arábia Saudita, Coreia do Sul e Austrália (representando a Ásia). Restam agora duas vagas para a CONCACAF, federação as Américas Central e do Norte.

Quem pode jogar as Olimpíadas 2020 pelo Brasil

As Olimpíadas permitem inscrição de 18 jogadores sub-23, ou seja, com 23 anos ou menos. Além disso, três atletas que estouraram essa idade podem ser convocados. O Brasil, por falta de liberação dos clubes, acabou não levando seus principais jogadores da categoria para o Pré-Olímpico, mas alguns dos nomes ausentes podem pintar nos jogos de meio do ano.

É importante lembrar que por não ser uma competição organizada pela FIFA, os clubes não têm a obrigação de liberar seus jogadores para as Olimpíadas, como acontece na Copa do Mundo, por exemplo. Então, dentre os nomes citados, poderão haver ausências. Vamos aos principais jogadores que podem envergar a amarelinha nos Jogos:

Goleiros

Entre os goleiros, se destacam aqueles que foram ao Pré-Olímpico. São eles Ivan, da Ponte Preta, que já foi convocado por Tite para treinos com a Seleção Principal, e Cleiton, titular do Atlético-MG, que está de saída para o Red Bull Bragantino.

Brasil vence Argentina e vai às Olimpíadas; veja jogadores com idade olímpica
Cleiton trocará o Atlético-MG pelo Red Bull Bragantino – Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Laterais direitos

Na ala direita se espera que o titular seja Emerson, ex-Ponte Preta e Atlético-MG, que hoje joga no Bétis-ESP, emprestado pelo Barcelona-ESP, caso este consiga a liberação. Guga, do Galo, foi o titular no Pré-Olímpico e deve continuar na equipe.

Guga Atlético
Guga tem sido titular da Seleção Pré-Olímpica – Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Zagueiros

Na zaga o Brasil conta com grandes nomes que não foram liberados, como é o caso de Éder Militão, do Real Madrid-ESP, Léo Santos, do Corinthians, Thuler do Flamengo, e até mesmo Cacá, que se consolida a cada dia mais no Cruzeiro. Outros jogadores que podem pintar são Walce, do São Paulo, Róbson Bambu, do Athletico Paranaense, Ricardo, Ibañez, Nino e Bruno Fuchs, que já compõe o elenco sub-23.

Brasil vence Argentina e vai às Olimpíadas; veja jogadores com idade olímpica
Militão é figurinha carimbada na Seleção de Tite – Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Laterais esquerdos

Na ala esquerda o principal nome é Renan Lodi, do Atlético de Madrid e Seleção Brasileira principal. Caio Henrique, do Grêmio, e Ayrton Lucas, do Spartak Moscou-RUS, foram os nomes para o Pré-Olímpico e seguem cotados. Guilherme Arana, que chegou recentemente ao Atlético-MG, também pode cavar uma vaga caso volte a atuar em alto nível.

Brasil vence Argentina e vai às Olimpíadas; veja jogadores com idade olímpica
Caso recupere as melhores condições, Arana é forte candidato à vaga – Bruno Cantini/Agência Galo/Atlético

Volantes

A posição de volante é uma das mais bem servidas na Seleção Sub-23. Os titulares do Pré-Olímpico, Bruno Guimarães, do Lyon-FRA, e Matheus Henrique, do Grêmio, são nomes com prestígio. Além deles, Gérson e Thiago Maia, ambos do Flamengo, Wendel, do Sporting-POR, Maycon, do Shakhtar Donetsk-UCR, Douglas Luiz, Aston Villa-ING, e Allan, do Atlético-MG, podem pintar na lista.

Gérson Flamengo
Gérson é um dos principais jogadores do futebol brasileiro e só tem 22 anos – Crédito da foto: Alexandre Vidal/Marcelo Cortes/Flamengo

Meias

Os meias Paulinho, do Bayer Leverkusen-ALE e Pedrinho, Corinthians, tiveram grande participação na classificação brasileira para as Olimpíadas. Mas, apesar disso, ainda tem que ficar ligados, pois a concorrência é forte. Reinier, do Real Madrid-ESP, Igor Gomes, do São Paulo, Lucas Paquetá, do Milan, David Neres do Ajax-HOL, Malcom, do Zenit-RUS, e até mesmo Maurício, que vem sendo o principal jogador do Cruzeiro, serão candidatos à vaga.

Maurício Cruzeiro
Maurício do Cruzeiro tem histórico nas Seleções de base e caso continue a se destacar, pode entrar no radar olímpico – Crédito da foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Atacantes

No ataque, Matheus Cunha, do Hertha Berlim-ALE, deu conta do recado e deve seguir na Seleção, mas essa posição talvez seja a mais disputada. Além do atual camisa 9, surgem como opções Gabriel Martinelli, do Arsenal-ING, a dupla madrilenha Vinícius Júnior e Rodrigo, o flamenguista Pedro, o 9 da Seleção principal, Gabriel Jesus, do Manchester City-ING, Antony, do São Paulo, Pepê, do Grêmio, Richarlison, do Everton-ING, e já da Seleção principal, além de Talles Magno, do Vasco.

Brasil vence Argentina e vai às Olimpíadas; veja jogadores com idade olímpica
Camisa 9 da Seleção principal, Gabriel Jesus ainda tem idade olímpica – Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Além de todos esses nomes, três jogadores com idade superior a 23 anos podem ser convocados. Portanto, poderemos ver nomes como Alisson, Thiago Silva e Neymar na lista final.

Veja também: Atlético bate URT e reassume liderança do Campeonato Mineiro

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:


 

- Advertisement -

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail: