AtléticoAtlético ParanaenseBotafogoCearáCruzeiroEsporteFlamengoFluminenseFutebolGrêmioPalmeirasSantosVasco

Brasileirão 2019 – Veja a projeção sobre seu time

Veja e expectativa sobre seu time: Título? Libertadores? Sul-Americana? Queda?

O Campeonato Brasileiro é considerado por muitos o torneio de clubes mais difícil e imprevisível do mundo, sendo o único do planeta onde pelo menos dez equipes entram com chances de levantar o caneco.

E como o torcedor gosta de previsões, a equipe do Mais Minas resolveu analisar os 20 clubes que disputarão a Série A do Brasileirão esse ano e prever a posição final de cada um destes clubes no fim da temporada.

É importante frisar que este é um exercício de suposição e que sabemos que o futebol é imprevisível, inexato. Por isso, se discordar, saiba que nenhuma análise foi pautada em clubismo ou tentativas de adivinhação, e sim de uma análise prévia que levou em conta aspectos técnicos, financeiros, organizacionais e esportivos, que podem significar tudo ou nada ao fim do ano.

Assim, separamos as 20 equipes em quatro grupos: os que acreditamos que brigarão por título, aqueles credenciados a lutar pela classificação para a Taça Libertadores 2020, os que pleitearão a Copa Sul-Americana do próximo ano e os que tem mais chances de travarem uma luta contra o rebaixamento.

Também separamos aqueles que acreditamos serem os principais jogadores de cada equipe e a posição que achamos que cada equipe terminará ao fim da temporada.

Bom, sem mais delongas, fique com nossas apostas para a edição 2019 do Campeonato Brasileiro.

Times que brigam pelo título do Brasileirão 2019

Grêmio

Vindo de um trabalho de mais de dois anos a frente do Grêmio, o treinador Renato Portaluppi terá como desafio tirar o favorito tricolor gaúcho de um jejum de Campeonatos Brasileiros, que já dura 23 anos.

Desde que o polêmico ex-atacante assumiu o comando da equipe, o torcedor gremista se acostumou a ver o time nas cabeças das competições que disputa. Porém, apesar de constantemente chegar no pelotão da frente do Brasileirão, o Grêmio não tem sido efetivo quando o assunto é conquistar o principal torneio nacional.

Um dos desafios de Renato Gaúcho será conciliar a disputa do Brasileirão 2019 com a dos mata-matas, não tendo um elenco tão profundo em opções.

Principal jogador: Éverton “Cebolinha”

Previsão de colocação:

Flamengo

Time que mais gastou com reforços na temporada, o Flamengo fez contratações milionárias que visam acabar com a escrita do “cheirinho”, que tem sido um pesadelo para a torcida rubro-negra nos últimos anos. Nomes como Rodrigo Caio, Arrascaeta e “Gabigol” empolgaram os flamenguistas e elevaram ainda mais o patamar do já estrelado elenco do “Urubu”.

Mas se dinheiro não é problema, o treinador Abel Baga deverá encontrar dificuldades em dar o passo final em direção aos títulos com um elenco que sempre chega mas nunca ganha. Qualidade e nomes de peso sobram, mas isso não é tudo.

A simultaneidade de disputas também pode atrapalhar o Flamengo, que apesar de ter um ataque recheado de opções, ainda sofre com a falta de qualidade defensiva, principalmente nas laterais.

Principal jogador: Éverton Ribeiro

Previsão de colocação:

Palmeiras

O atual campeão é, em minha opinião, o grande favorito ao título. Também com receitas milionárias, o Palmeiras larga na frente do Flamengo pela qualidade de seu elenco como um todo, recheado de pelo menos dois bons jogadores em todas as posições. O vitorioso Felipão sentado no banco de reservas também traz um algo a mais ao alviverde paulista.

O passo das conquistas já foi dado, agora resta ao campeão brasileiro de 2018 manter o ritmo de conquistas. É sabido por todos que a obsessão palmeirense é a segunda conquista da Copa Libertadores, mas pela estratégia de montar “dois times titulares”, acredito que o alviverde brigará por título em qualquer competição que disputar. Se no ano passado com um elenco ligeiramente pior, o “Porco” levou um título e chegou longe na Libertadores, esse ano a tendência é que a dose se repita.

Principal jogador: Dudu

Previsão de colocação:

Briga por Libertadores

Athletico Paranaense

De identidade visual nova e tudo mais, espera-se que o agora Athletico Paranaense continue na boa sequência que vem imprimindo nos últimos anos e faça mais um bom campeonato nacional.

Atual campeão da Copa Sul-Americana e participando da Taça Libertadores da América, o “Furacão” tem como seu principal trunfo seu estádio, a Arena da Baixada. A casa do Athletico é o único estádio da Série A que possui gramado sintético, e vencer o rubro-negro em sua casa não é tarefa das mais fáceis.

Principal jogador: Marco Ruben

Previsão de colocação:

Atlético

Inconstante nos últimos anos, o Atlético se reforçou bastante na temporada para voltar aos tempos de início da década, quando de fato figurou entre os candidatos a título das principais competições.

Mais fraco tecnicamente que os principais candidatos ao título, e passando por um período de reestruturação financeira, o “Galo” poderá usar da mesma tática do ano passado e se aproveitar de eventuais priorizações de seus rivais aos torneios de mata-mata para sair da seca de 48 anos sem Campeonatos Brasileiros.

O que Levir Culpi e seus comandados não podem se esquecer é que o alvinegro também está na Libertadores este ano e que o Campeonato Brasileiro 2019 pode ser cruel para times com peças de reposição mais fracas em eventuais priorizações.

Principal jogador: Ricardo Oliveira

Previsão de colocação:

Cruzeiro

O atual bicampeão da Copa do Brasil já deixou claro suas prioridades no ano: os torneios de mata-mata, em especial a Copa Libertadores. Tal decisão, somada ao histórico do ótimo Mano Menezes em mata-matas e pontos corridos, indica que mais uma vez o Cruzeiro deve ser coadjuvante no Brasileirão.

Reforçado e com um elenco ligeiramente melhor que o do ano passado, a equipe celeste poderá alinhar melhores times alternativos no Brasileirão do que na temporada passada, e por isso alcançar melhores resultados, mas nada que o credencie como um dos favoritos ao título. A idade avançada do plantel do clube também pode ser prejudicial numa temporada tão longa e intensa como a brasileira.

Principal jogador: Dedé

Previsão de colocação:

Internacional

Após surpreender e fazer um bom Brasileirão na última temporada, o Internacional mais uma vez deverá brigar na parte de cima da tabela. Com um bom time e reforços experientes como Paolo Guerrero, que enfim poderá estrear pelo “Colorado”, e Rafael Sóbis, ídolo que voltou ao clube após passagem pelo Cruzeiro, os comandados de Odair Hellmann tem boas chances de incomodar na Série A.

Também participando da Libertadores, a definição de prioridades do Inter pode ser a separação entre uma boa ou má campanha nos pontos corridos do Brasileirão. Semelhante a situação dos rivais Atlético-MG e Cruzeiro, apesar de contar com bons valores, o elenco Colorado não parece ser forte o suficiente de aguentar, na linha de frente, todo um Campeonato Brasileiro dividindo as atenções com outras competições.

Principal jogador: Nico López

Previsão de colocação:

Santos

Antes desacreditado, bastou um nome para mudar todas as expectativas ao redor do Santos, o do treinador argentino Jorge Sampaoli. O técnico chegou ao time num anúncio surpreendente e revolucionou o time. Colocar atacante na lateral, transformar volante marcador em artilheiro e recuperar o futebol de atletas com um pé fora do time foram apenas algumas das surpreendentes ações do comandante.

O futebol do time cresceu e o “Peixe” passou a ser visado pela forma de jogo pouco comum nos gramados brasileiros e algumas sonoras goleadas empolgaram seus torcedores.

Mas apesar da boa impressão que Sampaoli e seus comandados tem deixado, acredito que pelas limitações técnicas e financeiras do clube, o Santos não conseguirá manter um ritmo tão bom durante todos os jogos do Brasileirão a ponto de brigar pelo título.

Não participar da Libertadores 2019 pode ser um fator positivo para a equipe santista, levando-se em conta o desempenho no Brasileirão, já que a atenção do time praiano estará totalmente voltada aos campeonatos nacionais.

Principal jogador: Carlos Sánchez

Previsão de colocação:

Briga por Sul-Americana

Bahia

O Bahia vem fazendo Brasileirões medianos nos últimos anos e em 2019 não deve ser diferente. Tendo conseguido segurar sua principal promessa, o jovem Ramires, de apenas 18 anos, que foi especulado em times do Brasil e exterior, o treinador Enderson Moreira ganhou uma opção diferenciada no meio de campo da sua equipe.

O retorno do artilheiro Fernandão deve garantir também uma temporada mais tranquila ao tricolor baiano.

Principal jogador: Ramires

Previsão de colocação: 12º

Corinthians

Vivendo péssima fase e vindo de uma temporada não tão boa, o Corinthians deverá dar dor de cabeça ao seu torcedor. Com um time limitado e passando por problemas financeiros o “Timão” é uma incógnita e Fábio Carille terá de fazer milagres para retirar grandes exibições deste elenco.

A não participação na Libertadores 2019, a exemplo do Santos, pode ser benéfica ao Corinthians que não terá que dividir atenções entre duas competições.

O corintiano tem como principal esperança a torcida para que o retorno de Fábio Carille tenha os mesmos efeitos de 2017, quando o Timão era apontado, no início da temporada, como a quarta força do estado de São Paulo e acabou o ano levantando o Campeonato Brasileiro.

Principal jogador: Jadson

Previsão de colocação:

Fluminense

Confiando nas ideias arrojadas de Fernando Diniz, o Fluminense aposta no fato novo para tentar surpreender no Brasileirão. A contratação do meia Paulo Henrique Ganso também é prova também da confiança da diretoria tricolor no moderno treinador.

Apesar do Fluminense também não estar disputando a Libertadores, acredito que a limitação do elenco possa frear o desempenho do time no campeonato nacional e a implementação do estilo de Fernando Diniz, apesar de torcer para que isso não aconteça. Afinal, ideias boas e futebol bem jogado sempre é bem-vindo.

O retorno do jovem atacante Pedro, após meses parado por lesão, também poderá fazer diferença para o “Tricolor das Laranjeiras”.

Principal jogador: Pedro

Previsão de colocação: 11º

Fortaleza

Após reinar soberano na Série B 2018, o Fortaleza chega na primeira divisão com status de time que pode surpreender. A equipe comandada pelo lendário Rogério Ceni terá como trunfo a continuidade de seu técnico, que após um péssimo trabalho de estreia no São Paulo, clube em que é ídolo máximo, conseguiu se encontrar na equipe cearense.

Principal jogador: Éderson

Previsão de colocação: 13º

São Paulo

Maior decepção do início de temporada, o São Paulo parece estar num pesadelo que não acaba. Após algumas temporadas ruins, o tricolor paulista teve um ano melhor em 2018 e conseguiu se classificar para a Copa Libertadores. Mas o que parecia ser uma virada na sorte do time do Morumbi acabou se tornando mais um trauma.

O tricolor foi eliminado na chamada “Pré-Libertadores” pelo modesto Talleres da Argentina, o que causou a demissão do treinador André Jardine e a controversa contratação de Cuca para comandar a equipe, mas com este se juntando ao clube somente dois meses após o anúncio, após este finalizar seus tratamentos de saúde. No período de espera pelo novo técnico, a equipe será comandada interinamente pelo coordenador técnico Vagner Mancini.

Por essa bagunça generalizada no comando da equipe, sub-rendimento de alguns jogadores e problemas internos da equipe, acredito que o São Paulo passará mais uma temporada difícil. A eliminação na Libertadores pode ser benéfica no sentido de o time não ter as atenções divididas.

Principal jogador: Hernanes

Previsão de colocação: 10º

Briga contra o Rebaixamento

Avaí

Vindo da segunda divisão, a equipe catarinense deve passar a temporada lutando pela permanência na Série A. Sem grandes nomes no elenco, o torcedor avaiano deposita na principal contratação do clube, o meia Douglas, multicampeão em clubes como Corinthians e Grêmio, suas esperanças de uma boa temporada.

Principal jogador: Douglas

Previsão de colocação: 19º

Botafogo

O torcedor botafoguense tem se acostumado a sofrer e já amarga um jejum de mais de 20 anos sem ganhar um título importante sequer. E se depender do que se desenha para esta temporada, será mais um ano de apreensão para o time que nos deu o gênio Garrincha.

Sem grandes nomes, atolado em dívidas e com uma torcida pouco atuante, a equipe alvinegra demonstra, já no início da temporada, sua fragilidade. Para se ter uma ideia, o “Fogão” foi quinto colocado num grupo de seis times na Taça Guanabara, primeira fase do Campeonato Carioca, tendo conseguido sua primeira e única vitória no torneio na última rodada.

E para piorar ainda mais, o Botafogo enfrentou em sua chave o forte Flamengo e os pequenos Resende, Bangu, Boavista e Cabofriense. Um desempenho vexatório para um clube com sua história.

Por essas muitas particularidades, acredito que o Botafogo é um dos clubes candidatos ao rebaixamento em 2019 e terá que se superar para continuar na Série A.

Principal jogador: Gatito Fernández

Previsão de colocação: 18º

Ceará

Após se livrar do rebaixamento em 2018 sob a batuta do icônico Lisca Doido, o Ceará terá mais um ano de provação na Série A. Com investimento e poderio técnico infinitamente inferior a maioria dos clubes da competição, o “Vozão” não deve incomodar.

Algo que interessante dessa edição do Brasileirão será o clássico Ceará versus Fortaleza na Série A após 26 anos. Além da disputa por lugares na tabela, as duas equipes cearenses devem fazer um campeonato à parte.

Principal jogador: Roger

Previsão de colocação: 15º

Chapecoense

Nunca rebaixada, a “Chape” vem flertando com a queda nas últimas temporadas e espera fazer diferente este ano. Organizada e sem dívidas, a equipe alviverde tem um projeto exemplar que devia ser seguido inclusive pelos grandes times brasileiros, mas a falta de tradição e “tamanho” da equipe deixam de potencializar a gestão do clube ao máximo.

Apesar de ter conseguido se livrar do descenso nas últimas temporadas, olhando para o elenco atual da Chapecoense, não consigo não a ver como potencial rebaixada. A menos que se reforce ou que encaixe um futebol efetivo, a queridinha do futebol nacional passará por maus bocados.

Principal jogador: Wellington Paulista

Previsão de colocação: 17º

CSA

Mais uma equipe com campanha de destaque na última Série B, terminando a competição de acesso na segunda colocação com boa vantagem do terceiro, o CSA trouxe o futebol alagoano de volta a elite do futebol brasileiro após 32 anos. A última vez que uma equipe de Alagoas havia participado da primeira divisão do Campeonato Brasileiro foi em 1987, sendo o próprio “Azulão” a disputar o torneio.

Apesar da bela participação do CSA na última Série B, acredito que essa será a grande glória da equipe. Time menos tradicional dentre todos da Série A, o destino da simpática equipe alagoana parece traçado de volta a segunda divisão. Apenas uma temporada muito improvável deve manter o “Azulão” na elite do futebol nacional.

Principal jogador: Apodi

Previsão de colocação: 20º

Goiás

Apesar de não fazer uma Série B de grande destaque, o Goiás é uma de minhas apostas para uma boa campanha na primeira divisão. Treinado pelo promissor Maurício Barbieri e com bons reforços contratados o “Esmeraldino” poderá fazer uma campanha mais tranquila que a de seus rivais diretos.

Principal jogador: Marlone

Previsão de colocação: 14º

Vasco

A exemplo do Botafogo, o Vasco da Gama é mais uma grande equipe que se acostumou a sofrer nos últimos anos. Sempre lutando contra o fantasma da Série B, o cruz-maltino sofre com problemas estruturais, financeiros e políticos há muitas temporadas e isso vem minando o clube que outrora foi temido e respeitado.

Com elenco limitado e uma grande interrogação que paira sobre todos os seus departamentos, o Vasco mais uma vez deve sofrer no Brasileirão. Não aposto numa queda da equipe, mas isso mais por falta de qualidade de outras equipes do que por méritos vascaínos.

Principal jogador: Maxi López

Previsão de colocação: 16º

E aí? Concorda com nossas suposições? Discorda de algo? Comente!!!

Fechar