Campanha de vacinação contra a gripe começa na segunda-feira (23)

Destaques

Número de mortes por coronavírus em Minas Gerais chega a dezessete

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou, na manhã deste sábado (10), mais um Informe...

Sons of Anarchy: a apaixonante série que une motocicletas, ação e muito drama

O período de isolamento social é uma ótima oportunidade para colocar as séries em dia ou começar a acompanhar...

Zema afirma que primeira parcela será paga para servidores na próxima quarta-feira (15)

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou ontem (9), em coletiva no Palácio do Planalto, em Brasília,...

Programação de lives desta sexta-feira (10/04); shows na quarentena

Continuando com o trabalho de entreter os brasileiros que estão em casa por recomendação da Organização Mundial da Saúde...

Sexta-feira Santa: memória da Paixão e Morte de Jesus Cristo

Na Sexta-feira Santa, os cristãos relembram o sofrimento e a morte de Jesus. Segundo a tradição bíblica, naquele dia...

Começará na próxima segunda-feira (23) a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, conhecida popularmente como gripe. Devido a pandemia do novo coronavírus (COVID-19), houve antecipação da data de início das vacinas. Isso porque os sintomas das doenças são parecidos. Portanto, a imunização auxilia os profissionais da saúde na triagem dos casos do COVID-19.

Apesar de ser uma campanha nacional, estados e municípios participarão ativamente da campanha. Em Minas Gerais, a vacinação acontecerá em três etapas. Na primeira, que se inicia na semana que vem, serão vacinados idosos, principal grupo de risco, e profissionais da saúde, que terão contato com os pacientes. A segunda etapa, que começará no dia 16 de abril, levará as doses a professores das escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Na terceira e última etapa, com início no dia 9 de maio, serão imunizadas crianças de seis meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.

De acordo com a  Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), a meta é vacinar 90% do público prioritário, que representa 7 milhões de pessoas no estado.

Por causa do novo coronavírus, que impede aglomerações, o esquema de vacinação será de responsabilidade dos municípios, que traçará planos de organização e estratégia. A vacina não apresenta eficácia contra o COVID-19. Ela garante proteção apenas contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B. Para saber como funcionará a vacinação na sua cidade, basta entrar em contato com a Secretaria de Saúde municipal e ficar atentos aos órgãos oficiais de comunicação de cada localidade.

Veja também: Prefeituras de São Thomé das Letras e Baependi passam a controlar visita de turistas

- Advertisement -