Agenda Cultural MGBelo Horizonte

Com Bárbara Paz, Orquestra Ouro Preto apresenta o espetáculo Consanguíneos em BH

As cartas que foram escritas e trocadas entre os irmãos Betinho, Henfil e Chico Mário ganham uma roupagem cênica em “Consanguíneos“, espetáculo que mescla teatro com música de concerto. A apresentação será no domingo, 15 de setembro, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium com Orquestra Ouro Preto e Bárbara Paz. O concerto é realizado pelo Sesc em Minas e integra a Série Domingos Clássicos.

Com regência do maestro Rodrigo Toffolo, roteiro do dramaturgo Luis Alberto de Abreu, direção de Chico Pelúcio e participação especial dos filhos de Chico Mário, Karina Souza e Marcos Souza, as correspondências dos irmãos ganham vida em uma leitura dramática encenada pela atriz Bárbara Paz e acompanhada da música da Orquestra Ouro Preto. “É um espetáculo que revência a memória de três grandes personalidades brasileiras, o sociólogo Betinho, o cartunista Henfil e o músico Chico Mário, irmãos de sangue que contribuíram, cada qual a sua maneira, com o desenvolvimento social e cultural do país”, destaca Rodrigo Toffolo.

Orquestra Ouro Preto durante uma de suas apresentações com regência do maestro Rodrigo Toffolo
Orquestra Ouro Preto durante uma de suas apresentações com regência do maestro Rodrigo Toffolo – Crédito da foto: Íris Zanetti

Betinho, Henfil e Chico Mário eram três irmãos hemofílicos que lutavam pela sobrevivência e conquistaram sucesso profissional na sociologia, no humor e na música. São personalidades que contribuíram de maneira ativa para o processo de redemocratização do Brasil. Os irmãos são considerados símbolos da luta pela liberdade. “Consanguíneos conta a história do Brasil e dos grandes acontecimentos históricos e musicais do nosso país. Da descoberta, passando pela chegada da família real, a origem do samba, da bossa nova, pela ditadura no Brasil até as Diretas Já”, explica Toffolo.

Henfil foi o criador do bordão “Diretas Já!” e usava o seu humor crítico e audacioso para lutar pela democracia. O cartunista foi um importante militante contra a ditadura militar no Brasil e trabalhou nas revistas Realidade, Visão, Placar, O Cruzeiro e O Pasquim. Em 1970, criou a revista humorística Fradim. Já Chico Mário usava o seu talento musical em prol da música independente e da justiça no país. Ele foi um dos pioneiros do disco independente no Brasil e o primeiro artista a utilizar o crowdfunding, ainda na década de 80. Já o sociólogo Betinho, foi um defensor dos direitos humanos. Em 1980, criou o Ibase (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas). Mais tarde, em 1993, fundou a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida. Foi um dos primeiros intelectuais a defender as ONGs e um dos fundadores da campanha nacional pela reforma agrária.

Os ingressos para o concerto Consanguíneos estão à venda por R$ 25,00 (inteira), R$ 12,50 (meia) e R$ 10,00 (Cliente Sesc). Os convites podem ser adquiridos na bilheteria do Sesc Palladium ou pelo site www.ingressorapido.com.br.

Domingos Clássicos

O projeto Domingos Clássicos surgiu como uma proposta do Sesc em Minas, em parceria com a Orquestra Ouro Preto, de democratização do acesso à música. Além das apresentações com ingressos a preços acessíveis, o público participa de atividades formativas, aproximando-se, ainda mais, do universo erudito, por meio do “Fala, Maestro!”, ação realizada 30 minutos antes de cada concerto. Momento em que o público tem a oportunidade de dialogar com o Maestro Rodrigo Toffolo.

A Orquestra

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto tem como diretor artístico e regente titular o maestro Rodrigo Toffolo. Premiado nacionalmente, o grupo jovem vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo. A orquestra foi criada em 2000 e seu trabalho é marcado pelo experimentalismo e ineditismo.

Maestro Rodrigo Toffolo

Rodrigo Toffolo é diretor artístico da Orquestra Ouro Preto desde sua fundação, em 2000, e assumiu a regência titular do grupo em 2007, após formação junto ao Maestro Ernani Aguiar, um dos maiores compositores e pesquisadores brasileiros em atividade. Doutorando em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal) e Mestre em Musicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rodrigo Toffolo imprimi na Orquestra uma visão ampliada de gestão e musicalidade, que ele gosta de conceituar como “excelência e versatilidade”.

Serviço

Orquestra Ouro Preto e Bárbara Paz: Consanguíneos

Data: 15 de setembro, domingo

Horário: 11h

Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (R. Rio de Janeiro, 1046, Centro)

Atrações: Orquestra Ouro Preto e Bárbara Paz. Participação especial: Karina Souza e Marcos Souza

Ingressos: R$ 25,00 (inteira), R$ 12,50 (meia) e R$ 10,00 (Cliente Sesc)

Realização: Sesc em Minas

Informações: www.orquestraouropreto.com.br

Deixe seu comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: