Com sete da base, Cruzeiro abre 2020 contra o Boa Esporte

Time mineiro inicia temporada cheio de incertezas

Começa hoje (22) aquela que promete ser uma das mais difíceis temporadas da história do Cruzeiro. Rebaixado pela primeira vez em sua história à Série B do Brasileirão e passando por incrível crise financeira e administrativa, o time celeste recebe o Boa Esporte, às 21h30, no Mineirão, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro de 2020.

Mesmo após quase 20 dias do início dos trabalhos no clube, a situação no Cruzeiro é de muita indecisão. Alguns jogadores ainda não sabem seu destino, poucos reforços chegaram e outros atletas ainda processam o time na justiça. O clima de incerteza no time fica claro quando se olha para o elenco celeste.

Tirando os atletas que processam a Raposa na justiça, os que já se sabe que não irão continuar e os reforços ainda não confirmados, somente oito jogadores em todo o plantel não são oriundos das categorias de base estreladas: Fábio, Edílson, João Lucas, Léo, Manoel, Machado, Ariel Cabral, Robinho e Rodriguinho. Destes, as presenças de Ariel e Rodriguinho são bem improváveis.

Do provável time que iniciará a partida contra o Boa Esporte na noite desta quarta-feira (22), sete jogadores são oriundos das categorias de base do clube. A média de idade da equipe será de 24 anos, um número infinitamente inferior ao da equipe considerada titular em 2019, que contava somente com Éderson e David abaixo da linha dos 30.

Cruzeiro

Para o jogo de hoje, o treinador Adilson Batista deve mandar apenas quatro titulares remanescente de 2019. São eles o goleiro Fábio, o zagueiro Léo, o lateral-direito Edílson e o meia Rodriguinho. De resto, apenas jogadores oriundos da base celeste: o zagueiro Cacá, o lateral Rafael Santos, os volantes Edu e Adriano, o meia Maurício e os atacantes Welinton e Judivan.

Com sete da base, Cruzeiro abre 2020 contra o Boa Esporte
Edílson é um dos poucos remanescentes da equipe que empatou com o Boa Esporte por 2 a 2, fora de casa, no Campeonato Mineiro de 2019 – Crédito da foto: Vinnicius SIlva/Cruzeiro

Boa Esporte

Comandada mais uma vez pelo icônico Nedo Xavier, o atual campeão do interior manteve a base que jogou a Série C em 2019. O volante Nonoca, um dos principais jogadores do Boa Esporte, e emprestado pelo Cruzeiro, não deverá ir para o jogo.

Ficha técnica – Cruzeiro x Boa Esporte

Motivo: Primeira rodada do Campeonato Mineiro – Módulo I de 2020

Data e hora: Quarta-feira, 22 de janeiro, às 21h30 (horário de Brasília)

Local: Mineirão, Belo Horizonte – MG

Provável escalação do Cruzeiro: Fábio; Edilson, Cacá, Léo e Rafael Santos; Edu e Adriano; Maurício, Rodriguinho; Welinton e Judivan. Técnico: Adilson Batista.

Provável escalação do Boa Esporte: Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Wesley, Fernando Fonseca e Cesinha (Carlinhos); Claudeci, Caio César e Gindré; Léo Goteira, Carlinhos e Jefferson. Técnico: Nedo Xavier.

Transmissão: Premiere.

Arbitragem: Ronei Cândido Alves apita a partida, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Leonardo Henrique Pereira. A quarta árbitra será Andreza Helena de Siqueira.

Além da partida entre Cruzeiro x Boa Esporte, jogam hoje (22), às 20h, Tupynambás x Tombense, às 20h30, América x Caldense, e às 21h, Patrocinense e Villa Nova.

Veja também: Especial Campeonato Mineiro 2020: Boa Esporte, o clube polêmico de Varginha

Comentários