Comitê Covid-19 classifica maioria do Estado na onda amarela

As macrorregiões de saúde Centro-Sul, Oeste e Triângulo-Sul regrediram, da onda verde para a amarela, na classificação do Plano Minas Conscienteferramenta do Governo do Estado para a retomada gradual da economia nos municípios. Já o Nordeste de Minas progrediu, saindo da faixa vermelha. A única área que ainda continua na fase verde é a Norte.

A nova classificação foi publicada no Minas Gerais, Diário Oficial do Estado, desta quinta-feira (24/9/20), por meio da Deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19 de nº 88, que altera o anexo da Deliberação nº 45, de maio deste ano.

Com a publicação, agora todas as regiões de Minas Gerais passam a figurar na faixa intermediária de reabertura: a amarela.

Minas Consciente – O Plano é um dos instrumentos do governo mineiro para controle da pandemia de Covid-19 no Estado e, semanalmente, redefine a classificação das faixas para a abertura socioeconômica regional.

Os serviços são agrupados em três ondas: vermelha (atividades essenciais), como supermercados e farmácias; amarela (não-essenciais), como comércio de vestuário e papelaria; e verde (não-essenciais com maior risco de contágio), como cinemas e academias.

Confira em qual onda se encontra cada segmento.

Fonte: ALMG

Comentários estão fechados.