Em Congonhas, 82% dos casos de coronavírus foram descartados

A Prefeitura de Congonhas divulgou, através da Secretaria Municipal de Saúde, um Boletim Informativo, desta quarta-feira (29), sinalizando que foram registrados, até o momento, 458 casos prováveis de infecção por coronavírus, destes, 335 casos foram descartados após monitoramento de 14 dias, como orientado pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), ou tiveram melhora no estado clínico. E ainda, 42 tiveram resultados enviados à Fundação Ezequiel Dias (Funed), e com resultado negativo para Covi-19.
Com isso, Congonhas descartou o correspondente a 82% dos casos notificados de coronavírus. Ainda há 81 casos da doença em monitoramento, porém não se trata de nenhum óbito.
Os 458 casos notificados prováveis de coronavírus corresponde às pessoas que procuraram o call center ou os serviços de saúde com sintomas de febre e/ou qualquer sintoma respiratório.

Centro de Saúde

Outra boa notícia é que desde a última segunda-feira (27), o Centro de Especialidades Médicas (CEM) de Congonhas voltou a funcionar, conforme o Decreto n° 6.952. Lá estão sendo atendidos pacientes com consultas e exames pré-agendados, além de pedidos encaminhados pelas UBS’s, conforme a urgência.
A Secretaria de Saúde de Congonhas orientou que as pessoas só compareçam no centro no horário que foi agendado e, de preferência, para não levar acompanhante. Além disso, o uso de máscara de proteção é obrigatório. Logo na entrada da unidade é conferida a temperatura corporal. Além disso, as cadeiras da sala de espera estão demarcadas, respeitando o distanciamento físico.
Veja também: Homem é preso por falsificação de dinheiro em Congonhas

Comentários estão fechados.