Conselheiro Lafaiete confirma primeiro caso de coronavírus

Foi confirmado o primeiro caso de coronavírus em Conselheiro Lafaiete. A confirmação foi divulgada pelo prefeito Mário Marcus (DEM), e se trata de um paciente homem, de 87 anos, que está internado no Hospital e Maternidade São José. O resultado foi encaminhado pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) no início da tarde desta quinta-feira (16).
O prefeito Mário Marcus comentou que desde que a pandemia começou a atingir as terras mineiras, o município tem tomado providências de prevenção e enfrentamento à doença.
“Desde que foi anunciado o agravamento da pandemia no Brasil e em Minas Gerais, temos tomado uma série de medidas e providências no sentido de evitar uma contaminação maior das pessoas e um possível número de óbitos, como tem acontecido em outras cidades e países. Suspendemos as aulas nas escolas em um primeiro momento, seguimos as orientações dos cientistas, médicos e infectologistas de fechar o comércio, com exceção dos serviços essenciais e suspendemos os eventos de aglomeração no município de Conselheiro Lafaiete, disse o prefeito.
Além disso, Mário Marcus citou as medidas feitas pelo município, prevendo que se não fossem tomadas, o surto da pandemia já teria sido intensificada em Conselheiro Lafaiete.
“Participamos de uma vídeo-conferência, na última segunda-feira (13), com outros 53 prefeitos da nossa macro-região de saúde, onde nos foram apresentados dados e projeções pelo infectologista Dr. Hebert, e outros técnicos do estado, mostrando como o isolamento social é importante neste momento, como principal solução para evitarmos uma contaminação maior e o risco de morte de muitas pessoas quando essa pandemia alcançar o seu pico no meio do mês de maio até o início do mês de junho”, conta Márcio Marcus.
A cidade de Conselheiro Lafaiete tem, até o momento, um caso confirmado do coronavírus, dois óbitos em investigação, 226 casos suspeitos da doença, 53 casos descartados e duas mortes descartadas.

Estruturação hospitalar

De acordo com o prefeito Mário Marcus, o município irá estruturar a rede hospitalar de Conselheiro Lafaiete visando atender o maior número de pacientes possível. Segundo o chefe do Executivo municipal, estão sendo credenciadas mais salas vermelhas, leitos de UTI, respiradores e equipamentos para as unidades de saúde, hospitais e policlínica municipal.
“A nossa estrutura, hoje, conta com 17 respiradores já instalados e nove leitos de UTI. O município também irá assumir, junto com o Estado, as instalações no Hospital São Camilo, com equipe própria, para funcionar como Hospital de Campanha. Inclusive, já há reformas nas estruturas acontecendo neste momento. Serão mais de 60 leitos específicos, e se for necessário, as demais instalações da policlínica também atenderá pacientes. No total iremos disponibilizar 100 leitos hospitalares”, declarou o prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus.
Veja também: Minas Gerais confirma mais três óbitos e chega a 33 mortes por coronavírus

Comentários