Coronavírus: saiba o que é mentira sobre a doença

Com a chegada do coronavírus no Brasil, a população tem se mostrado apreensiva diante da proliferação da doença, buscando e compartilhando informações muitas vezes falsas a respeito dela. Por isso, é preciso estar atento ao que é mentira em relação ao vírus.

O que é o coronavírus?

O coronavírus é um vírus que causa infecção respiratória, com sintomas similares da gripe. Os sintomas são: febre, espirro, tosse, dificuldade para respirar e falta de ar. Até esta segunda-feira (1), de acordo com o portal do Ministério da Saúde sobre o coronavírus, em Minas Gerais os números registrados eram de 17 suspeitos e 3 descartados.

O que é mentira sobre a doença?

Após muita repercussão sobre o coronavírus e sobre como curar, prevenir ou ser contagiado, o Ministério da Saúde divulgou diversos boatos divulgados pela população referentes ao vírus que na verdade são mentiras, confira.

  1. Não há, até o momento, uma medicação específica ou uma vacina que previna a infecção pelo coronavírus. Os remédios caseiros divulgados nas redes sociais contra o vírus não são eficazes.
  2. O coronavírus não desencadeia de imediato pneumonia. Os principais sintomas são: febre, tosse e dificuldade para respirar. Ele pode, também, causar infecção do trato respiratório, desencadeando as pneumonias.
  3. Não é comprovado que os produtos vindos na China tragam o vírus. De acordo com pesquisas, o vírus não sobrevive mais de 24 horas fora de um organismo e a vinda dos produtos demoram mais de um dia para chegar ao Brasil.
  4. Beber muita água não mata o vírus. Mensagens nas redes sociais indicando o consumo de água de 15 em 15 minutos para matar o vírus é fake. Já a lavagem constante do nariz e da boca dificulta a infecção, mas não imuniza.
  5. A informação de que um inseticida transmite o vírus também é falsa. A embalagem de um inseticida que circula nas redes traz no rótulo o nome “Human Coronavírus”, entretanto, as fotos são falsas.

Prevenção do coronavírus

  • Evite contato próximo com pessoas que apresentam infecções respiratórias;
  • Lave bem as mãos;
  • Evite tocar os olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos;
  • Evite compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Evite contato com animais doentes;
  • Cozinhe bem ovos e carne.

Não compartilhe mensagens falsas. Antes de passar uma informação adiante verifique a fonte original, cheque a data da divulgação, leia a matéria completa e verifique o histórico de quem compartilhou.

Leia também: Ministério da Saúde lança material de prevenção e informação sobre o coronavírus

Comentários estão fechados.