O que você procura?


Novo decreto da prefeitura de Belo Horizonte que regulamenta isolamento social passa a valer hoje (5)

Maicon Costa 5 de maio de 2020 às 10:21
Tempo de leitura
2 min

Começa a valer hoje (5) o novo Decreto da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) que atualiza as determinações em relação ao isolamento social imposto na cidade na busca de combater a transmissão e contaminação do novo coronavírus. As medidas foram publicadas no Diário Oficial da União nesta terça-feira e sua validade é indeterminada.

O novo Decreto traz pontos específicos antes não apontados, como a proibição de realização de drive-in’s, que são encontros dentro de carros, em áreas públicas ou privadas. Esse tipo de evento estava começando a se popularizar em Belo Horizonte, tendo até sido divulgado, nos últimos dias, um culto evangélico que seria realizado nessas características de evento, num estacionamento particular, na capital mineira. A multa para descumprimento dessa determinação pode chegar até a R$ 20 mil.

LEIA TAMBÉM:  Conselheiro Lafaiete zera internações em UTI por Covid-19
Banner do culto em Drive-in – Crédito da imagem: Reprodução/Redes Sociais

Outra determinação trazida pelo novo Decreto é em relação a eventos realizados em áreas comuns de lazer, festa ou recreação de condomínios. A exemplo dos drive-in’s, esse tipo de aglomeração também passou a ser proibida por lei e pode gerar uma multa de 20 vezes o valor do condomínio, em caso de descumprimento. De acordo com o documento, esses espaços deverão ser regulamentados e fiscalizados pela administração dos condomínios.

Coronavírus em Belo Horizonte

Cidade mais populosa do estado, Belo Horizonte apresenta até o momento 845 casos confirmados de coronavírus (COVID-19), com 20 óbitos tendo sido confirmados tendo a doença como causa. Os números foram divulgados no último Boletim Epidemiológico divulgado pela prefeitura da cidade, datado de ontem, 4 de maio. Além dos números já citados, foram recebidas 33.080 notificações do vírus, que englobam casos suspeitos. Outros 1.300 casos foram descartados. O prefeito da cidade, Alexandre Kalil, tem se caracterizado pela postura enérgica a favor do isolamento social e medidas de prevenção ao COVID-19.

LEIA TAMBÉM:  Ouro Preto vacina jovens de 20 anos ou mais nesta sexta-feira

Veja também: Fhemig contrata médicos, farmacêuticos e técnicos de forma emergencial