O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Jornalista da Band afirma que Jair Bolsonaro contraiu Covid-19

Elis Bohrer 7 de julho de 2020 às 01:24
Tempo de leitura
2 min

O site do portal da TV Bandeirantes ficou fora do ar na madrugada desta terça-feira (7), após publicar que Jair Bolsonaro, o presidente da República, testou positivo para a Covid-19. Segundo o âncora do programa Repórter Bandeirantes, Claudio Humberto, o presidente já faz uso de cloroquina e aguarda o resultado do segundo exame, mais conhecido como contra-prova.

Jair Bolsonaro começou a sentir os sintomas da doença no sábado (4), e nessa segunda-feira (6) teve febre de 38 graus, tosse e dor de cabeça. O presidente foi levado para o Hospital das Forças Armadas (HFA), onde realizou o exame e fez uma ressonância do pulmão. Mesmo antes de sair o resultado, Bolsonaro já havia iniciado por conta própria o uso da cloroquina.


Após ser noticiada a suspeita de que Bolsonaro havia contraído o novo vírus, internautas de todo o Brasil se manifestaram através das redes sociais, e a tag “Força Covid” ficou em primeiro lugar nas tendências do Twitter.

Já mais tarde, quando a TV Bandeirantes publicou a notícia de confirmação da doença no presidente da República, apoiadores de Bolsonaro também se manifestaram por meio da tag “Força Bolsonaro”.

Nem a assessoria de imprensa e nem o próprio presidente confirmaram a testagem positiva. Contudo, o uso da cloroquina por parte do presidente está confirmado, de acordo com o que ele mesmo disse em entrevista a CNN.

Vale ressaltar que não há comprovação científica de que o remédio seja eficaz contra o coronavírus.

Leia também: “Um absurdo”, diz mulher sobre aglomeração após ficar internada com Covid-19.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 6 de setembro de 2021 às 15:33