DestaqueMineraçãoNotícias

Cresce número de barragens com problemas graves na estrutura

Ao menos 45 barragens do Brasil estão vulneráveis e podem apresentar risco de rompimento. Os números são do relatório da Agência Nacional de Águas (ANA), que considera dados de 2017. Os problemas são muitos: rachaduras, infiltrações, buracos, vertedores (que medem a vazão da água) quebrados e falta de documentação que comprove a segurança do reservatório.

Esse é o segundo relatório produzido pela ANA após o rompimento da barragem de Fundação, em Mariana. O desastre matou 19 pessoas há três anos. Segundo o relatório, das 45 barragens com problemas, mais da metade pertence a órgãos e entidades públicas.

Seis delas, por exemplo, são do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional, que cuida de 327 barragens em todo o país. Barragens fiscalizadas por órgãos estaduais também têm muitos problemas, segundo a agência.

Comentários

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios