Cruzeiro e Atlético garantem superclássico na final do Mineiro

Já está definida a final do Campeonato Mineiro 2019! Só não podemos dizer que foi uma surpresa. Cruzeiro e Atlético garantiram, nesse fim de semana, a participação na finalíssima do torneio após baterem América e Boa Esporte, respectivamente. Será a 23ª decisão de estadual entre os dois times.

 Cruzeiro

O Cruzeiro carimbou sua classificação no sábado (06), após bater o rival América-MG por 3 a 0, no Mineirão, com gols de Léo, Fred e Rafinha. A equipe celeste já havia vencido o primeiro jogo, fora de casa, por 3 a 2, com direito a hat-trick (quando um jogador marca três vezes em uma partida) de Fred.
Embalado na temporada, o Cruzeiro é o único time das séries A e B do Brasileirão que ainda não perdeu no ano. Apresentando um futebol convincente tanto na Libertadores quanto no estadual, a equipe celeste promete vir com tudo para o jogo do próximo domingo, que também será a 50ª partida entre os rivais na história das finais de Campeonato Mineiro.

Atlético-MG

Por sua vez, o Galo garantiu a presença na final após golear o Boa Esporte, na tarde deste domingo (07), no Mineirão, por 5 a 0. Após um 0 a 0 no primeiro jogo, em Varginha, o clube alvinegro tinha a vantagem do empate. Só que a equipe treinada por Levir Culpi não quis jogar com o regulamento embaixo do braço e atropelou seu adversário. Os gols da partida foram marcados por Luan, Elias, Geuvânio, Vinícius e Victor (contra).
Vivendo momentos de instabilidade na temporada, principalmente pelo desempenho ruim neste início de Copa Libertadores, o Galo busca se recuperar para ganhar novo ânimo na temporada. E não há motivação maior que bater um rival numa final de estadual. E para conseguir isso, o alvinegro poderá contar com a vantagem de ser campeão com dois resultados com mesma diferença de gols e também de decidir o jogo de volta diante de sua torcida. Esses benefícios foram concedidos ao Atlético após a equipe terminar a fase classificatória do Campeonato Mineiro em primeiro lugar.
O Atlético ainda não decidiu onde irá mandar o jogo de volta. O presidente do clube, Sergio Sette Câmara, afirmou que irá se reunir com a diretoria atleticana amanhã (08) para discutir a melhor opção para o time. Estádios Independência e Mineirão são as opções. Nos últimos anos, o Galo preferiu mandar seus jogos no Horto.

Retrospecto

Essa será a 23ª final de Campeonato Mineiro disputada por Cruzeiro e Atlético. Os dois jogos da decisão serão os de número 50 e 51 em disputas de títulos estaduais (alguns dos títulos já foram decididos em partida única, dois, três e até quatro jogos).
E o Cruzeiro é quem leva a melhor em disputas de finais estaduais. Nas 22 decisões anteriores, foram 13 títulos celestes, contra oito alvinegros. No ano de 1956 a taça foi dividida entre os dois clubes após batalha judicial pela escalação irregular de um jogador do Galo.
A diferença se dá principalmente pela chamada “Era Mineirão”, que perdurou da inauguração do estádio em 1965 até 2009, um ano antes do fechamento para a reforma do Gigante da Pampulha para a Copa do Mundo de 2014, e que conferiu certa hegemonia ao time celeste.
Mas se o Cruzeiro leva a melhor no mano a mano em finais, o Galo pode se gabar de ser o maior campeão do torneio, com boa vantagem sobre o rival. São 44 títulos atleticanos contra 37 cruzeirenses. Para alcançar o rival em número de troféus estaduais, o clube celeste precisaria vencer sete estaduais seguidos, tarefa nada fácil no futebol mineiro.

Comentários