Copa do BrasilCruzeiroFutebol

Cruzeiro enfrenta Inter em busca de reviravolta e final

Time celeste perdeu por 1 a 0, em casa, no jogo de ida

O Cruzeiro viajou à Porto Alegre para enfrentar o Internacional, hoje (4), às 21h30. A partida será válida pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. No jogo de ida deu Inter. Os colorados venceram por 1 a 0 no Mineirão e tem a vantagem do empate. A derrota no jogo causou o pedido de demissão do então treinador celeste, Mano Menezes. Qualquer vitória celeste por um gol de diferença leva partida para os pênaltis, já que na Copa do Brasil não se adota o critério de gol qualificado.

Rogério Ceni sabe que terá um grande desafio pela frente. O Inter é, em números, o melhor mandante do Brasil e se destaca por sua força defensiva. E um dos principais problemas do Cruzeiro em 2019 é a criação e finalização de jogadas. Por isso, o time celeste precisará estar num dia inspirado e com a pontaria afiada. E, com se não bastasse, a Raposa não vence o Colorado no estádio Beira-Rio desde 2010. Sendo assim, precisará quebrar esse longo tabu para se classificar.

Cruzeiro

Para a partida, Rogério Ceni não poderá contar com a presença do lateral direito colombiano Luis Orejuela. O jogador foi convocado para a seleção de seu país e desfalca o time. Edílson e Weverton, ambos voltando de lesão, são as opções do técnico. A tendência é que o primeiro entre jogando. De resto, Ceni tem todos os jogadores disponíveis. Portanto, as escolhas na escalação dependem só do treinador.

Entre as dúvidas estão a presença de Léo, que perdeu os últimos jogos por lesão, e Dedé, que não treinou ontem (3), na zaga. Se joga Dodô ou Egídio na ala esquerda. E a formação do meio e do ataque, em que Robinho, David e Fred disputam vagas no time titular.

A escalação celeste para o jogo é uma incógnita e o torcedor pode esperar surpresas.

Cruzeiro enfrenta Inter em busca de reviravolta e final
Cruzeiro é o atual bicampeão da Copa do Brasil e, também, o maior vencedor da história da competição, com seis conquistas – Crédito da foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Internacional

Por sua vez, o Inter jogará pelo empate e, após a eliminação da Libertadores, na semana passada, sabe que precisa da classificação. Já muito criticado pela derrota na competição continental, uma derrota poderia ser desastrosa. Portanto, o jogo vem sido tratado como uma verdadeira guerra.

Odair Hellmann terá alguns desfalques logo mais. Wellington Silva, Rodrigo Dourado, Mateus Galdezani e Natanael estão fora. Mas por outro lado, o time contará com a volta de Andrés D’Alessandro. O argentino será titular, juntamente com o uruguaio Nico López, que volta a figurar na escalação inicial.

O que vale a classificação?

Além de poder disputar a final, que seria a chance do tricampeonato celeste consecutivo e sétimo na história, a classificação tem, também, alto valor financeiro. O time que se garantir na final, automaticamente já garante também a premiação de R$ 21 milhões de reais, paga ao vice campeão. Isso sem contar bilheterias e verbas externas. E, além do prêmio já garantido, se campeão, o montante pago é de R$ 52 milhões. Com Cruzeiro e Inter sem estar no azul, ambos no vermelho (perdoem os trocadilhos), esse ganho financeiro seria de grande ajuda.

Ficha técnica – Internacional x Cruzeiro

Motivo: Jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil 2019

Data e hora: Quarta-feira, 4 de setembro, 21h30 (de Brasília)

Local: Estádio Beira Rio, Porto Alegre – RS

Provável escalação do Internacional: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Patrick; D’Alessandro, Nico López e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Provável escalação do Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Fabrício Bruno e Dodô; Henrique e Thiago Neves; Marquinhos Gabriel e David; Pedro Rocha e Fred. Técnico: Rogério Ceni.

Transmissão: TV Globo e SporTV;

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza (SP) apita a partida. Ele será auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO). O trio é da Fifa. Rodrigo Guarizo Ferreira de Amaral (SP) será o árbitro de vídeo, auxiliado por Caio Max Augusto Vieira (RN) e Fabricio Porfirio de Moura (SP).

Deixe seu comentário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: