Dicas de cuidados com a saúde mental durante a quarentena

O medo de ser infectado ou em ter algum familiar infectado pelo novo coronavírus, ou até mesmo o isolamento social, pode contribuir no desencadeamento de transtornos mentais como a depressão e a síndrome do pânico. Taquicardia, diarreia, crises de choro e falta de ar são sintomas que podem ajudar a identificar quando uma pessoa não está emocionalmente bem.

O isolamento social tem se demonstrado a medida mais eficaz para diminuir a disseminação do vírus que já matou milhares de pessoas ao redor do mundo. De acordo com o Ministério da Saúde, a quarentena pode sim impedir a proliferação do COVID-19, porém a preocupação dos psicólogos vai para além da saúde física, pois a saúde mental também é importante.

Há relatos de pessoas que cometeram suicídio após descobrirem estar contaminadas pelo vírus, inclusive na última quarta-feira (25), uma enfermeira italiana suicidou após testar positivo para o coronavírus. A profissional da saúde tinha 34 anos e atuava no Hospital San Gerardo, na Lombardia. Segundo canais de imprensa italiano, Daniela Trezzi foi diagnosticada com o coronavírus no dia 10 de março e posta em quarentena domiciliar. Por sofrer de doenças cardiovasculares, o seu quadro teria se agravado, e com medo de transmitir o vírus, a enfermeira tirou a própria vida.

Nesta matéria, o portal Mais Minas traz algumas dicas para quem optou por fica em casa para tentar parar a pandemia do novo coronavírus que avança rapidamente no Brasil.

É importante salientar que as dicas apresentadas aqui também foram divulgadas pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Cuidados com a saúde mental durante a quarentena do coronavírus 

1 – Aproveite para colocar as coisas em ordem;

2 – Cuidado com o excesso de informação;

3 – Tente estabelecer uma rotina;

4 – Cuide do seu corpo;

5 – Faça atividades que você gosta e

6 – Peça ajuda se precisar.

Devido a necessidade em realizar o isolamento social, alguns psicólogos estão assistindo pacientes que sofrem de ansiedade online, através do aplicativo WhatsApp. Essa é uma dica extra, caso você esteja precisando de acolhimento psicológico, procure se informar se o seu psicologo está atendendo ou se há algum disponível para iniciar um tratamento, caso não haja, peça ajuda para as pessoas que estão mais próximas de você, contudo, não entre em pânico. É imprescindível uma avaliação médica se você sentir que está perdendo o controle da situação.

Leia também: Como proteger sua Saúde Mental em tempos de Coronavírus?

Comentários