EmpregoOportunidadesUberlândia

Empresa no Triângulo Mineiro gerará mais de 6 mil empregos

Empregos serão criados serão criados com a instalação da maior fábrica de celulose solúvel do mundo

Localizados no Triângulo Mineiro, dois municípios, Araguari e Indianópolis, receberão a oportunidade de mais de 6 mil empregos diretos e indiretos até 2022. Eles serão gerados com a instalação da maior fábrica de celulose solúvel do mundo.

A fábrica é um projeto da Joint Venture LD Celulose S.A., que é formada pela empresa brasileira Duratex e pela empresa austríaca Lenzig. A Câmara Técnica Especializada de Atividades Industriais, do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam), deram a licença de instalação (LI) nesta segunfa-feira (23). Ou seja, a obra da fábrica de matéria-prima para a produção de tecidos, já está autorizada.

O investimento é de mais de R$4,5 bilhões, que será instalado na área florestal da empresa Duratex. Até 2022 as obras já devem estar terminadas, tendo em vista que é quando se espera iniciar as operações. Mais de mil empregos diretos serão gerados nessa fase.

Serão produzidas mais de 450 mil toneladas/ano de celulose solúvel, que será exportada para o mercado asiátivo. Em média, 77 megawatts (MW) de energia elétrica renovável será produzida a partir da biomassa de madeira que resultará do processo. O produto, que se tornaria resíduo, se retornará como energia para o sistema elétrico. De acordo com os investidores do projeto, essa será a maior linha industrial de celulosa solúvel do mundo.

Licenciamento

As licenças, prévia e de instalação, foram obtidas. Ambos os processos foram avaliados pela equipe técnica multidisciplinar da Superintendência de Projetos Prioritários (Suppri), parceria técnica da Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram) Triangulo Mineiro e Alto Paranaíba e da Unidade Regional de Gestão das Águas Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Urga TMAP).

Todas as fases necessárias já foram contabilizadas, como a realização de reunião pública em Indianópolis e a alteração (ainda na fase de projeto) do sistema de captação de água e emissão de efluentes líquidos, a partir do pleito do Departamento de Água e Esgoto (Demae) e da Prefeitura Municipal de Uberlândia. Tudo foi feito para garantir a qualidade da água a ser captada para abastecimento público.

Deixe seu comentário

Etiquetas
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar