Take a fresh look at your lifestyle.

Entenda a crise migratória de Honduras

Há alguns dias, uma caravana com milhares de pessoas saíram de Honduras rumo aos Estados Unidos passando por Guatemala, El Salvador e do México.

O presidente Donald Trump está tentando impedir o avanço do grupo, que vem de uma das áreas mais perigosas da América Central. Honduras tem um longo histórico de pobreza, violência e corrupção, bem como uma das maiores taxas de homicídio do mundo.

Trump ameaçou cortar a ajuda financeira a Honduras se os migrantes chegarem à fronteira com os Estados Unidos e a ameaça também foi direcionada ao governos da Guatemala e El Salvador se permitirem que a caravana atravesse seus países.

Apesar das ameaças e de uma forte presença policial, os migrantes hondurenhos conseguiram atravessar a fronteira com a Guatemala em 16 de outubro. O Ministério das Relações Exteriores hondurenho orientou seus cidadãos a não se unirem à caravana.

Honduras, com uma população de cerca de 9 milhões de habitantes, está abalada com a violência de gangues criminosas, tráfico de drogas e a corrupção desenfreada.

Este é o resultado de décadas de políticas precárias dos governos hondurenhos no decorrer dos anos. Este é o grito de milhares de pessoas vítimas de um modelo político e econômico desgastados. Esta é a fuga de um povo em busca de liberdade e paz.

Honduras livre, soberana e independente, conforme diz seu lema, é tudo o que a população do país quer.

Close