Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Escola em Conselheiro Lafaiete tem atividades suspensas após avaliação de operação da Vale

Neste sábado, 7 de março de 2020, a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete, juntamente com a Vale, resolveu que irá realocar os alunos e docentes da Escola Municipal Meridional para outro estabelecimento de ensino. Por hora, as aulas no educandário estão suspensas após a Vale  ter feito uma reavaliação técnica de parte da pilha de estéril de Morro da Mina, operação de manganês da Vale, localizada próximo à escola, que apresentou índices que requerem uma atenção especial com relação à sua estabilidade.

Para a Prefeitura de Lafaiete, a Vale se comprometeu em apresentar, já na próxima semana, alternativas de alocação provisória dos alunos, visando garantir a continuidade das aulas sem prejuízo aos mesmos.

Ainda nas tratativas com a empresa, ficou firmado o compromisso da doação ao município de um terreno e a construção uma nova escola na região pela mesma.

Participaram da reunião com a Vale, o prefeito Mário Marcus e o Secretário de Educação, Moises Matias, além do Diretor de Convênios, José Silvestre. A Defesa Civil Municipal também participou das reuniões e informa que continuará acompanhando o monitoramento dos procedimentos da VALE em relação a pilha de estéril.

Prefeitura por medida de segurança suspende as aulas no atual prédio da Escola Meridional

Em reunião com a empresa VALE, na tarde de ontem, sexta feira 06/03 às 17h30 , a Administração Municipal recebeu informações sobre o processo de reavaliação técnica de parte da pilha de estéril localizada próximo a Escola Meridional, que, apresentou índices que requerem uma atenção especial com relação a sua estabilidade.Visando a segurança dos alunos e de todo educandário a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete após reuniões com a empresa durante todo o sábado 07/03, decidiu suspender imediatamente as aulas no local a partir de segunda feira 09/03.A empresa se comprometeu com o Município apresentar já na próxima semana alternativas de alocação provisória dos alunos em outro estabelecimento de ensino, visando garantir a continuidade das aulas sem prejuízo aos mesmos.Nas tratativas com a empresa ficou firmado o compromisso da doação ao município de um terreno e a construção uma nova escola na região pela mesma.O Prefeito Mário Marcus e o Secretário de Educação Moises Matias juntamente com o Diretor de Convênios José Silvestre estiveram a frente de todas as negociações.A Administração Municipal continuará mantendo o diálogo constante com a empresa visando a retomada o mais breve possível das aulas.A Defesa Civil Municipal também participou das reuniões e continuará acompanhando o monitoramento dos procedimentos da VALE em relação a pilha de estéril.Participaram da reunião, representando a empresa o Sr. Fábio Cerqueira, Gerente das Unidades de Manganês, o Sr. Ulisses Diniz, Gerente da Unidade Lafaiete, O Sr. Romário Galter, Gerente de Reparação e Desenvolvimento, o Sr. Ilton Cunha, Engenheiro de Minas, a Sra. Thaís Oliveira, Gerente de Relações Institucionais e outros.

Posted by Prefeitura de Conselheiro Lafaiete on Saturday, March 7, 2020

Em nota, a Vale informou que “dará toda a assistência necessário para que as atividades da escola sejam continuadas com o menor impacto possível para alunos e corpo docente até que a situação seja normalizada“.

Comentários do Facebook
você pode gostar também