Brasileirão 2019Campeonato BrasileiroCruzeiroEsporteFutebol

Fábio defende pênalti e garante a primeira vitória do Cruzeiro no Brasileirão

Com uma defesa bem fechada, Ceará dificultou o triunfo cruzeirense.

O Cruzeiro venceu o Ceará por 1 a 0 na noite desta quarta-feira. O jogo foi válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da vantagem de jogar em casa, a equipe celeste fez um ínicio de primeiro tempo fraco.

Primeiro tempo

No começo da partida os torcedores levaram um susto. Aos 15 minutos o juiz viu mão na bola do volante Lucas Romero e pediu o VAR. Depois de revisar o lance, foi marcado pênalti contra o Cruzeiro. O atacante Ricardo Bueno bateu mal e viu o goleiro Fábio defender a cobrança.   

O Ceará fez uma boa partida, surpreendendo o Cruzeiro principalmente no setor defensivo, com uma zaga bem fechada. A Raposa não encontrava espaço para finalizar. A primeira chance clara de gol do time só veio aos 25min do primeiro tempo. Após assistência de Robinho, Thiago Neves chutou de fora da área, mas o chute foi no centro do gol e o goleiro Diogo Silva defendeu sem dificuldade.

Depois de perder o pênalti, o time do Ceará sentiu a pressão e o Cruzeiro acordou para o jogo. O primeiro tempo terminou no 0 a 0, mas com muitas finalizações perdidas do lado celeste.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou do intervalo buscando o jogo, e aos 5 minutos do segundo tempo nevou no mineirão. Do meio da área, Thiago Neves finalizou com o pé direito no canto esquerdo do gol cearense.

Com a Raposa tentando administrar o resultado e o Ceará buscando pelo menos um empate, a segunda etapa foi de substituições. A primeira foi do lado cearense. Aos 27 minutos, saiu o meia Ricardinho e na mesma posição entrou Fernando Sobral.

Depois foi a vez do Cruzeiro. Na tentativa de dominar melhor o meio de campo, aos 31 minutos, Mano Menezes optou pelo volante Lucas Silva no lugar do volante Ariel Cabral. Aos 34, o técnico cruzeirense fez sua última mudança do jogo, substituindo o autor do gol, o meia Thiago Neves, pelo meia Jadson.

Um minuto antes, Ceará substituiu o meia Chico, pelo atacante Bergson e aos 38, o atacante Ricardo Bueno, que perdeu o pênalti, saiu para a entrada do atacante Roger. O juiz apitou pela última vez, aos 49 minutos, e selou a vitória cruzeirense.

Destaque da partida

Não bastasse a defesa do pênalti, Fábio mostrou porquê é um ídolo para a torcida celeste. O goleiro se destacou no segundo tempo com pelo menos outras três defesas que salvaram o Cruzeiro do empate e uma possível derrota.  

Venceu, mas ainda não convenceu

Com um time pouco criativo, muito pelo bom sistema defensivo do Ceará, a vitória por 1 a 0 foi muito magra para o desempenho mostrado pelo Cruzeiro nos últimos jogos.

Jogando em casa, os torcedores esperavam ver um rendimento melhor da equipe em campo, que apresentou muitos erros e uma grande dependência do goleiro Fábio.

Próxima partida

O Cruzeiro conquistou seus primeiros três pontos na tabela. O próximo confronto da Raposa na competição será contra o Goiás, no dia 05/05, às 16h no Mineirão.

Ficha técnica – Cruzeiro x Ceará

Motivo: Segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2019;

Data e hora: Quarta-feira, 01 de maio, 19h15 (de Brasília);

Local: Mineirão Belo Horizonte – BH;

Escalação do Cruzeiro:. Fabio; Edilson, Léo, Dodô e Dedé; Ariel Cabral, Thiago Neves, Robinho; Marquinhos Gabriel, Lucas Romero e Fred. Técnico: Mano Menezes.

Escalação do Ceará: Diogo Silva; Luiz Otavio e Samuel Xavier, Tiago Alves; Thiago Carleto, Ricardinho e Auremir; Fabinho, Chico, Leandro Carvalho e Ricardo Bueno. Técnico: Enderson Moreira.

Arbitragem: Wagner Reway. Assistentes: Bruno Boschilia  e Neuza Ines Back

Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes.

  Novo comando!
Fechar