Globo exibe o filme ‘Rampage: Destruição Total’, nesta segunda (18), na Tela Quente

A TV Globo exibe, na noite desta segunda-feira, o filme “Rampage: Destruição Total” (“Rampage”). O filme foi lançado em 2018. O filme vai ao ar logo após a novela “Fina Estampa”.

Conheça o filme:

No centro da trama fina e grosseira está o primatologista Davis Okoye (Dwayne Johnson), que trabalha em um santuário da vida selvagem em San Diego e construiu um relacionamento especial com o gorila albino George desde o seu nascimento. Quando um experimento genético desonesto acaba por ser inalado por George e mais dois animais, um lobo – apelidado “Ralph” – em Wyoming, e um crocodilo – “Lizzie” – nos Everglades, os animais se transformam em monstros que destroem tudo em seu caminho. Claire Wyden (Malin Åkerman), deseja usar o experimento de maneira abusiva para fins sinistros e coisas incríveis acontecem. O tamanho e a agressão de George aumentam repentinamente, fazendo dele uma ameaça ao seu ambiente. Para ajudar seu amigo animal e impedir que ele seja morto pelos militares, Okoye se uniu a geneticista Dra. Kate Caldwell (Naomie Harris).

Poucas estrelas de ação atuais têm tanto charme quanto Dwayne Johnson, que, como um amante de animais, pode dar alguns sotaques engraçados nos primeiros minutos ao se comunicar com George. A aura cativante da ex-estrela não pode esconder o fato de que os resultados das filmagens de computador proporcionam um resultado bem interessante. Uma má companhia, experimentos genéticos explosivos e três monstros gigantes com potencial de destruição tangível – o roteiro escrito por nada menos que quatro autores (Ryan Engle, Carlton Cuse, Ryan J. Condal, Adam Sztykiel) não promove muito mais. Pensamentos sobre a raiva humana de destruir e a busca brutal do lucro são lançados na história, mas desaparecem rapidamente.

Por fim, nuances emocionais e o emocionante tema genético servem apenas como pretexto para colocar um final bombástico na cena, que também poderia ter vindo de um filme de super-herói. Em termos de tecnologia, o “Rampage – Destruição Total” Big Meets Bigger está em um nível fortemente convincente, que pelo menos amortece os desenvolvimentos ocasionais relacionados ao conteúdo.

O fato de os criadores às vezes abordarem sua trama sem sentido e suas reviravoltas com um pouco de auto-ironia não faz mal. Tão pouco quanto a aparência agradável do ator principal e as cenas de ação organizadas com competência, que garantem diversão suficiente. O verdadeiro aborrecimento – infelizmente novamente – acaba sendo a representação da mulher ao lado do protagonista. Na melhor das hipóteses, Caldwell pode fazer contribuições frágeis para o sucesso da missão de resgate e – seguindo o clichê – tem que confiar em Okoyes para intervir várias vezes em situações perigosas. Uma imagem antiga e completamente empoeirada, que ainda é usada com muita frequência, especialmente no cinema de grande sucesso de Hollywood.

Assista o trailer:

Comentários estão fechados.