Nova série da Globoplay, Assédio conta história de Roger Abdelmassih, ex-médico acusado de cometer crimes sexuais

NEWSLETTTER

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:

Escolha o tipo e/ou às localidades que você deseja receber notícias -

Destaques

Transporte e mensalidade escolar devem ser pagos durante a quarentena?

Uma questão importante tem afligido muitos pais pelo Brasil. Com o isolamento social, muitas pessoas estão deixando de trabalhar,...

Ouro Branco tem dois óbitos em investigação por coronavírus

A Prefeitura de Ouro Branco informou nesta segunda-feira (6), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que há dois...

Qual a mais bonita? Relembre as camisas do Atlético na década e vote na sua favorita

Sempre que começa uma temporada nova há uma expectativa sobre as novidades no elenco, qual o time titular e...

Prefeitura de Jeceaba confirma primeiro caso de coronavírus no município

Foi confirmado oficialmente, nesta segunda-feira (6), pela Prefeitura de Jeceaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, o primeiro...

Ovos de páscoa: conheça o trabalho de produtos feitos à mão

Época de semana santa, junto da páscoa, traz muitas celebrações religiosas e um comércio voltado, principalmente, para os chocolates....

Ainda estreante e apostando cada vez mais em sua plataforma de streaming, a Globoplay lançou no final de setembro “Assédio”, uma série escrita por Maria Camargo inspirada no livro “A Clínica – A Farsa e os Crimes de Roger Abdelmassih”.

A produção, que conta com 10 episódios e não economiza cenas fortes e precisas, conta a história do renomado médico Roger Sadala, um especialista em reprodução humana (conhecido como “Doutor Vida”) denunciado por pacientes que alegaram ter sofrido abusos sexuais pelo doutor. Condenado, Sadala teve seu registro para exercer medicina cassado e recebeu uma pena de 278 anos de prisão por estrupo contra 39 mulheres em 2010.

O elenco conta com Antonio Calloni na pele do médico; Adriana Esteves vivendo Stela, uma professora que acaba sendo violentada durante o procedimento médico; Paula Possani no papel de Eugênia, uma arquiteta de família rica.  Hermila Guedes, Jessica Ellen, Fernanda D’Umbra, Bárbara Paz e Monica Iozzi também compõe o elenco da série.

Nova série da Globoplay conta história de Roger Abdelmasshi, ex-médico acusado de cometer crimes sexuais
Atrizes do elenco de Assédio (Foto: Ramón Vasconcelos/ Globo)

O protagonismo feminino

A série assédio pode ser considerada como uma obra de protagonismos femininos. O destaque da produção é focado na superação das vítimas, desde se reerguerem da depressão e das desconfianças dos companheiros, até encontrarem forças para romperem com o silêncio e a vergonha afim de buscarem justiça.

Além disso, a série Assédio também mostra o trabalho incansável da repórter Mira (interpretada pela atriz Elisa Volpato), personagem inspirada na jornalista Lilian Christofoletti, a primeira a publicar denúncias contra o médico, em janeiro de 2009.  Na trama, Mira se dispõe a investigar o caso, conquistando a confiança das vitimas e convencendo-as a depor ao Ministério Público sobre os assédios sofridos.

Assista ao trailer oficial de “Assédio”:

Ainda sem previsão de estreia na TV aberta, a série inspirada na história de vítimas de Abdelmassih está disponível pela plataforma de streaming da Globoplay e pode ser assistida pelos assinantes.

Leia também: Netflix adquire direitos de ‘As Crônicas de Nárnia’ e produzirá filmes e séries

 

- Advertisement -