HBO lançará em breve minissérie sobre Santos Dumont
Cena de "Santos Dumont: Mais Leve Que o Ar" da HBO - Crédito da foto: Reprodução/YouTube

Em novembro, a HBO lançará uma minissérie biográfica sobre a trajetória de Santos Dumont. A vida do “Pai da Aviação” será retratada em seis episódios, trazendo o ator João Pedro Zappa como o intérprete do inventor brasileiro em sua vida adulta.

A série, intitulada “Santos Dumont: Mais Leve Que o Ar”, é ambientada na França e no Brasil, entre o final do século 19 e início do século 20, e acompanha toda a trajetória do aviador desde sua infância, quando brincava nos cafezais de sua família no interior do estado de Minas Gerais, até sua vida adulta, quando frequentava as sofisticadas festas e aeroclubes de Paris.

Recentemente a HBO divulgou o primeiro trailer da minissérie. Assista:

O programa estreia em 10 de novembro, às 21h, no canal HBO e na HBO GO, em toda a América Latina.

Santos Dumont

Alberto Santos Dumont nasceu na Fazenda Cabangu, em João Gomes (hoje Santos Dumont), no estado de Minas Gerais, em 1873, e foi um inventor brasileiro considerado o “Pai da Aviação”.

No ano de 1891, acompanhado de sua família, o jovem visitou a França pela primeira vez. Nessa época, o motor a gasolina era a grande novidade das exposições em Paris e isso lhe fascinou, pois sempre se interessou por mecanismos.

A partir de então, se dedicando a estudos sobre mecanismos e aviação, Santos Dumont projetou, construiu e levantou os primeiros balões dirigíveis com motor movido a gasolina. Em 1901, Dumont voou com um de seus dirigíveis contornando a Torre Eiffel e, por isso, tornou-se uma das pessoas mais famosas do mundo no século XX.

O 14 Bis

O 14 Bis foi um avião construído por Santos Dumont, que, em 12 de novembro de 1906, conquistou o Prêmio Archdeacon e o Prêmio do Aeroclube da França ao realizar um voo em Paris.

HBO lançará em breve minissérie sobre Santos Dumont
O 14 Bis foi construído entre 1906 e 1907 – Crédito da imagem: Domínio público

Fim de sua carreia

No ano de 1908, Dumont construiu o “Demoiselle”, uma outra aeronave cujo desenho serviu de modelo a todos os projetistas que se seguiram. Dois anos mais tarde, o inventor encerrou sua carreira e passou a supervisionar as indústrias do ramo que surgiram na Europa.

Em 1914, doente e decepcionado com o uso de sua invenção para bombardear a cidade de Colônia, na Alemanha, Dumont resolveu voltar para o Brasil.  De volta ao país, sua tristeza aumentou quando o aeroplano foi usado durante a revolução de 1932, em São Paulo. Com depressão, Santos Dumont se suicidou em um hotel no Guarujá, em 1932.

Comentários do Facebook

Receba notícias do Mais Minas através do nosso grupo oficial do TELEGRAM. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequado. Participe: ENTRAR.

Faça parte também das nossas redes sociaisFacebook e Instagram. Siga o Mais Minas no Google Notícias clicando aqui.