Invicto há 14 jogos, Atlético se torna “especialista” em Libertadores

Por Rômulo Soares
0 comment

O Atlético quebrou a sequência de três jogos sem vencer em estreias na Copa Libertadores e bateu o Tolima fora de casa, por 2 a 0, com gols de Nacho Fernández e Tchê Tchê, na noite da quarta-feira, 6 de abril. O Galo também desemperrou dois tabus, sendo o primeiro clube brasileiro a marcar gols e vencer o time de Ibagué na Colômbia.

Invicto há 14 jogos, Atlético se torna "especialista" em Libertadores
Foto: Pedro Souza/Atlético

Além de estar invicto há 11 jogos na temporada, o Atlético chegou há 14 partidas invicto na Libertadores. O último revés alvinegro na principal competição continental foi no dia 23 de abril de 2019, quando perdeu por 1 a 0 para o Nacional-URU, no Mineirão. A campanha do Galo naquela edição da copa foi ruim, com quatro vitórias, dois empates e quatro derrotas.

De lá para cá, o Atlético fez 14 jogos na Libertadores, sendo nove vitórias e cinco empates, dando em um aproveitamento de 76%. O Galo marcou 24 gols nessas partidas, resultando em uma média de 1,71 gol por jogo, e sofreu apenas cinco. Além disso, em nove de 14 compromissos o Alvinegro não foi vazado.

Em 2021, quando conquistou todos os títulos possíveis de seu país, o Atlético bateu na trave na Libertadores, sendo eliminado para o Palmeiras com dois empates (0 a 0 fora e 1 a 1 em casa) nas semifinais. O gol que sofreu no Mineirão foi o motivo da eliminação alvinegra e o time paulista seguiu rumo à final em Montevidéu, onde bateu o Flamengo por 2 a 1 e se sagrou campeão.

No ano passado, o Atlético fez a melhor fase de grupos da Libertadores e se despediu da competição com sete vitórias e cinco empates, passando por equipes como Boca Juniors e River Plate. Foram 20 gols marcados pelo Alvinegro e apenas quatro sofridos.

Depois de conquistar tudo no Brasil em 2021, o Atlético quer alcançar voos maiores, chegando à “Glória Eterna” e ao Mundial de Clubes. Para seguir com esse objetivo, o Galo terá que manter seu retrospecto recente positivo na Libertadores e provar o seu favoritismo no Grupo D que, além do Tolima, também conta com o Independiente Del Valle-EQU e América.

Comentários Facebook

leia também:

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS