Ultimate magazine theme for WordPress.

Jovem tenta matar namorada, mãe da vítima a defende e acaba ferida

Para proteger a filha de ser esganada pelo genro, uma mulher, de 46 anos, acabou sendo ferida com golpes de faca no peito, braço e joelhos, na noite dessa quinta-feira (7). Ele tentava esganar companheira no sofá de casa quando a mãe da mulher entrou na frente. O suspeito, de 23 anos, fugiu da polícia mas bateu o carro em um barranco, e depois em um muro de concreto. Tudo aconteceu em Santos Dumont, na Zona da Mata. O homem ainda tentou atropelar dois policiais militares que estavam dando ordens para que ele parasse.

Como tudo aconteceu

A vítima, que está internada no pronto-socorro de Santos Dumont, contou aos policiais que estava em casa com a filha enquanto o genro estava em um churrasco na casa do vizinho. Na festa havia muito álcool. A filha, de 26 anos, sentiu ciúme pelo companheiro estar no churrasco e decidiu ir até lá para ver o que ele estava fazendo. Testemunhas disseram que eles discutiram e logo após a mulher voltou para a casa da mãe.

Ao chegar, ela se sentou no sofá e, sem perceber, o namorado veio logo atrás. De acordo com o boletim de ocorrência, ele chegou com raiva e começou a esganá-la. A mãe, para defender a filha, tentou tirá-lo. O homem jogou a senhora no chão e, com uma faca, desferiu golpes na mulher. Ele saiu e voltou com a faca em uma mão e um machado na outra.

Para defender a filha, novamente, a mãe se jogou na frente dele, que a acertou no joelho. Ele foi em direção à rua e fugiu de carro pela BR-040, em direção a Juiz de Fora.

Uma testemunha acionou a Polícia Militar que, depois de socorrer a vítima, foram em busca do suspeito. Eles o encontraram em uma estrada e ordenaram que ele se entregasse, momento em que ele tentou atropelar um sargento, que atirou na roda do veículo. Isso não o parou e ele conseguiu escapar pela BR.

Outra viatura começou a seguir o carro e ele também não parou. Na entrada de Patrimônio da Serra, um povoado de Santos Dumont, ele colidiu o carro em um barranco. Ele desceu do carro, mas voltou ao veículo e continuou a fuga, tentando atingir outro policial com o carro.

Ele conseguiu se esconder da polícia por um tempo, até que provocou outro acidente, batendo em um muro. Testemunhas disseram que ele fugiu andando e entrou em uma mata. Os policiais o encontraram caído no chão e inconsciente.

Ele teve um traumatismo craniano e um ferimento de arma de fogo na perna. Duas facas e um pedaço de pau foram encontrados com o suspeito. Ele foi levado a um hospital de Juiz de Fora, onde permanece internado.

Comentários do Facebook