Take a fresh look at your lifestyle.

Marques acredita que, com o apoio da massa, vaga na Libertadores é bastante possível

Em entrevista coletiva, concedida na tarde dessa quarta-feira (31/10), na Cidade do Galo, Marques, que assumiu o cargo de diretor de futebol do Atlético, substituindo Alexandre Gallo (dispensado pela diretoria na última terça-feira), falou à imprensa sobre as projeções do Clube para o restante do ano, o que inclui o apoio da Massa para empurrar o time nas 7 últimas partidas do Brasileirão, e assim, garantir uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano.

“O momento é de turbulência, mas tenho certeza absoluta, e esse foi nosso tom de conversa no vestiário na apresentação aos jogadores, de unidade. Por ter jogado com essa camisa quase 400 vezes, entendo perfeitamente que o momento pede união, de clube, presidente, direção, atletas e, acima de tudo, da torcida, do barulho da torcida. Não tenho outra fórmula se não convocar nosso torcedor no próximo sábado, e os nossos atletas já estão conscientes desse apelo que eu faria aqui para vocês, para nos ajudar nesse momento. São sete jogo e acreditamos muito que essa vaga é muito possível. É um adversário direto e, com o apoio da nossa torcida, temos tudo para conseguir uma arrancada, virar a página e escrever uma trajetória positiva até o final da competição, com a vaga na Libertadores. Não vai ser fácil, obviamente, mas, com o apoio do torcedor, na arquibancada, vamos deixar todo nosso suor em todos os jogos, até o final”, destacou.

“O discurso é de unidade. Sinto-me, hoje, na obrigação de chamar o torcedor para o nosso lado, mesmo porque tenho um elo forte com o torcedor e quero a torcida do Atlético caminhando conosco nesses próximos sete jogos, e são decisivos. A campanha do segundo turno é, de fato, muito ruim, mas está em jogo a nossa classificação para a Libertadores, é o que temos para a temporada do ano que vem e vamos buscar, o torcedor pode ter certeza disso”, acrescentou Marques.

O presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, comentou a escolha do ex-atleta para ocupar, interinamente, a Diretoria de Futebol.

“O Marques é um velho conhecido de todos, já vinha dirigindo a nossa base, com muita competência, implementando um trabalho novo, bacana, para que a gente possa fazer novos craques a serem aproveitados no time de cima. Essa é a principal função das nossas categorias de base. Entendemos por encerrar o ciclo do Alexandre Gallo aqui no Atlético. Agradeço todo seu empenho e dedicação nesse período. Cometemos, juntos, alguns erros, acertamos também. Acredito que temos muitas coisas para analisar desse meu primeiro ano à frente do Atlético e, diante de uma queda que o time sofreu nas últimas rodadas, para dizer a verdade o segundo semestre nosso foi muito aquém do primeiro, entendi por encerrar esse ciclo do Alexandre Gallo e convoquei o Marques para nos ajudar nessa reta final de Campeonato Brasileiro. A condição dele é de um diretor de futebol interino, essa foi a nossa combinação e ele, prontamente, atendeu. Quero crer que ele tem muita coisa para agregar e fazer com que nosso time entregue bons resultados nessas últimas rodadas e consiga buscar tão esperada vaga na Libertadores de 2019”, declarou o presidente atleticano.

Interinamente no cargo de diretor de futebol, Marques deve permanecer na função apenas até o fim da temporada.

Close