O que você procura?


Simulação de evacuação sobre barragens em Itabira tem 35 pontos de encontro e 91% de adesão

A atividade teve caráter preventivo e de treinamento. Seu principal objetivo foi orientar a população que se encontra inserida em área de risco a deslocar-se de maneira ágil e segura pelas rotas de fuga, adentrando aos pontos de encontro em plena segurança.

Rômulo Soares 26 de agosto de 2021 às 12:58
Tempo de leitura
2 min
Foto: Defesa Civil de Minas Gerais
Foto: Defesa Civil de Minas Gerais

No último sábado, 21 de agosto, às 15h, a Defesa Civil Estadual participou, em apoio às Defesas Civis Municipais de Itabira e Santa Maria de Itabira e a Vale S/A, na realização da atividade simulada de evacuação de pessoas no empreendimento de barragens Itabira Norte.

Também participaram da simulação, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), o Corpo de Bombeiros Militar (CBMMG) e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU).

A atividade teve caráter preventivo e de treinamento. Seu principal objetivo foi orientar a população que se encontra inserida em área de risco a deslocar-se de maneira ágil e segura pelas rotas de fuga, adentrando aos pontos de encontro em plena segurança.

LEIA TAMBÉM:  Dono de empresa é preso em flagrante por mineração clandestina, em Mariana

O treinamento abrangeu toda área demográfica que compõe o chamado eixo Itabira Norte, sendo composto pelos barramentos de Borrachudo, Borrachudo II, Dique Ipoema, Dique Quinzinho, Alcindo Vieira, Jirau, Piabas, Cemig I, Cemig II e Santana. 

Foram estabelecidos 35 pontos de encontros cadastrados em Itabira e 13 pontos em Santa Maria de Itabira.

Ao longo de toda mancha de inundação (ZAS), o eixo Itabira Norte possui 17 sirenes cadastradas com a função de alertar a população próxima. 

A população cadastrada submetida ao simulado (treinamento) é de 542  pessoas, sendo que 497 participaram do evento, correspondendo a uma adesão de 91,7%. Para auxiliar na orientação espacial da população envolvida, foram instaladas 174 placas de sinalização ao longo de todo o eixo Itabira Norte.

LEIA TAMBÉM:  Mais de 600 pessoas participam de simulação de emergência no Complexo de Germano (MG), da Samarco

O treinamento foi realizado com a população que mora ou visita as comunidades de Borrachudo, Comunidade Córrego da Lage, Comunidade Gaspar, Comunidade Morro Santo Antônio, Comunidade São Pedro, Cordeiros, Flor do Vale, Padres e Rocinha.

De acordo com a Vale, nenhuma das barragens envolvidas no eixo Itabira Norte apresenta risco de rompimento, estando estes empreendimentos em níveis seguros até a presente data.

Última atualização em 26 de agosto de 2021 às 12:59