22.8 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 8 agosto 2022

Barragem a montante da Vale é eliminada em Congonhas

Barragem eliminada será substituída por uma nova estrutura com um método mais seguro

Vagas na mineração :Jaguar Mining contrata para 19 oportunidades em MG

A Jaguar Mining está com 19 oportunidades profissionais para...
Portal Mais MinasMineraçãoVale suspende parcialmente produção em MG por causa das chuvas

Vale suspende parcialmente produção em MG por causa das chuvas

A Vale emitiu um comunicado na manhã desta segunda-feira (10) informando que paralisou parcialmente a circulação de trens na Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) e produção dos Sistemas Sudeste e Sul visando garantir a segurança dos seus empregados e comunidades e em razão do nível elevado de chuvas que atingem Minas Gerais.

De acordo com o comunicado, no Sistema Sudeste, a EFVM foi paralisada no trecho Rio Piracicaba – João Monlevade impedindo o escoamento do material em Brucutu e no complexo de Mariana, que estão com a produção suspensa. O trecho Desembargador Drummond – Nova Era também está paralisado, mas em fase de liberação e não afetou a produção do Complexo de Itabira.

No Sistema Sul, em função da interdição de trechos das rodovias BR-040 e MG-030, da segurança de circulação de empregados/terceiros e da infraestrutura da frente de lavra das minas, a produção de todos os complexos está temporariamente paralisada.

A mineradora afirma que está tomando todas as medidas necessárias para a retomada das atividades, mantendo o foco nos cuidados necessários para garantir a segurança dos empregados e das comunidades localizadas no entorno de suas estruturas.

O Sistema Norte segue operando conforme o plano de produção, que considera o impacto sazonal do período chuvoso em todas as operações e, portanto, a Vale reitera seu guidance de produção de 320-335 Mt para 2022.

Monitoramento de barragens

Ao final do comunicado, a companhia alega que segue acompanhando o cenário de chuvas em Minas Gerais e monitorando suas barragens, 24 horas por dia, em tempo real, por meio dos Centros de Monitoramento Geotécnicos e ressalta que não houve alteração do nível de emergência em nenhuma de suas estruturas, que são acompanhadas permanentemente por inspeções, manutenções, radares, estações robóticas, câmeras de vídeo e instrumentos, como piezômetros manuais e automáticos.

Informações sobre as condições estruturais das barragens Doutor, em Ouro Preto

No domingo, às 20h, a companhia publicou um comunicado em que afirma que as barragens Doutor, das minas Timbopeba e Natividade, não possuem nenhum tipo de alteração estrutural. As estruturas estão localizadas em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto.

Segundo à mineradora, nenhuma das suas estruturas tiveram alteração no nível de emergência, apesar das fortes chuvas que acometeram boa parte do estado de Minas Gerais nos últimos dias.

Na barragem Doutor, no período da manhã, houve uma elevação do nível de água no reservatório da estrutura, que ocasionou o início da passagem de fluxo controlado d água pela barreira (ensecadeira) e seguiu pelo canal. De acordo com a Vale, essa condição está prevista pelo projeto e que a empresa está trabalhando para voltar às condições do reservatório via sistema de bombeamento.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: