Nos pênaltis, Cruzeiro elimina Boa Esporte e avança na Copa do Brasil

Equipe celeste se classificou para a terceira fase da competição nacional

O Cruzeiro está classificado! Na noite desta quarta-feira (4), o time celeste foi até Varginha para enfrentar o Boa Esporte. Após um empate em 1 a 1 no tempo normal, a Raposa venceu a disputa de pênaltis e avançou na Copa do Brasil.

Mais uma vez, o time de Adilson Batista apresentou um futebol desanimador. Pouco criativo, com erros de marcação e sem inspiração, o Cruzeiro não conseguiu se impor e, por muitos momentos da partida, foi dominado pelo Boa.

Apesar disso, a Raposa ganhou o embate nas penalidades máximas e conquistou o avanço à terceira fase da Copa do Brasil.

Nos pênaltis, Cruzeiro elimina Boa e avança na Copa do Brasil
Técnico Adilson Batista tem tido dificuldades no comando celeste – Créditos da foto: Douglas Magno/Light Press/Cruzeiro

Gols

Aos 37 minutos do primeiro tempo, o volante Filipe Machado cobrou escanteio no primeiro pau e, após desvio no zagueiro Caio César, da equipe visitante, a bola entrou. Porém, o juiz anotou gol para o lateral cruzeirense João Lucas. A decisão ainda pode ser alterada.

Pelo Boa, o gol foi anotado por Claudecir. Aos 19 minutos da etapa inicial, o atleta da equipe de Varginha acertou belo chute da entrada da área. A bola ainda quicou e enganou o goleiro Fábio.

Penalidades máximas

Com o empate no tempo regulamentar, o duelo foi definido nos pênaltis. No Boa Esporte, Gindre, Chiquinho, Jefferson e Carlinhos marcaram. Yuri parou em Fábio e Ferreira isolou. Do lado do Cruzeiro, Edilson, Filipe Machado, Éverton Felipe e Maurício, com a cobrança decisiva, converteram. O meia Marco Antônio chutou por cima do travessão.

Com isso, o clube azul venceu por 5 a 4.

Premiação

A classificação rendeu à Raposa a quantia de R$ 1,5 milhão. Conhecida por suas altas bonificações, a Copa do Brasil premia em todas as fases os times que se classificam. Em difícil situação financeira, o valor será muito útil ao time estrelado.

Próxima fase

Agora, o CRB, time que também disputa a Série B, será o adversário do Cruzeiro na competição nacional. Nesta quinta-feira (6), um sorteio definirá os mandos de campo e os dias dos confrontos.

Desafios seguintes

As equipes voltam a campo no próximo final de semana, pelo Campeonato Mineiro. No sábado (7), às 19h, o Cruzeiro enfrenta o Atlético no Mineirão. Já o Boa visita o América, no Independência, no domingo (8), às 16h.

Ficha técnica – Boa Esporte 1 (4) x (5) 1 Cruzeiro

Motivo: 2ª fase da Copa do Brasil

Data: 04/03/2020 (quarta-feira)

Local: Estádio Dilzon Melo, em Varginha-MG

Boa: Renan Rocha; Yuri, Wesley, Henrique Moura e Ferreira; Caio César (Chiquinho), Claudeci (Romário), Carlinhos e Cesinha (Denis); Gindré e Jefferson
Técnico: Nedo Xavier

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Cacá e João Lucas; Jadsom (Pedro Bicalho), Filipe Machado, Maurício e Everton Felipe; Thiago (Marco Antônio) e Marcelo Moreno (Jhonata Robert)
Técnico: Adilson Batista

Gols: João Lucas, aos 36 min. do 1º tempo; Claudeci, aos 13 min. do 2º tempo

Cartões amarelos: Claudeci e Carlinhos (Boa); Edilson (Cruzeiro)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ (CBF-MTR)

Veja mais: Após Jean, Cruzeiro mira três novos nomes para reforçar seu elenco

Comentários estão fechados.