O que você procura?

Distritos de Mariana são fortemente atingidos pelas chuvas

De acordo com o prefeito, nos últimos quatro dias, Mariana sofreu cerca de 190 mm de chuva.
Rodolpho Bohrer 8 de janeiro de 2022 às 21:58
Tempo de leitura
2 min
Imagem: instagram/reprodução
Imagem: instagram/reprodução

O prefeito em exercício de Mariana, Juliano Vasconcelos, foi até às redes sociais na noite deste sábado (8) para alertar à população quanto às chuvas intensas que tem atingido o município. De acordo com o prefeito, nos últimos quatro dias, Mariana sofreu cerca de 190 mm de chuva.

Juliano alertou em relação ao nível do volume do rio Ribeirão do Carmo que, segundo o prefeito, está quase saindo da calha. A maior preocupação é com o distrito Bandeirantes, em que o nível da água ultrapassou a calha e atingiu muitas residências, situação semelhante vivida também no distrito de Mainart. Outra localidade que está em maior observação pelo poder público é o bairro Colina de Baixo, que também foi bastante afetado pelas chuvas.


Até o momento, 56 famílias da sede foram realocadas de áreas de risco pela Defesa Civil, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, para hotéis da cidade. Outras 35 pessoas do distrito de Bandeirantes foram realocadas para uma escola do município.

O prefeito, que esteve nas localidades atingidas e publicou alguns registros no seu perfil do Instagram, pediu para que as pessoas se cuidem e evitem áreas de alagamento e, em caso de urgência, acionem a Defesa Civil ou a Guarda Municipal pelos números 199 ou 153. O Chefe do Executivo informou que espera que as chuvas diminuam e, caso contrário, a cidade pode sofrer “problemas ainda maiores”.

Veja a capture de tela de alguns registros do prefeito:

Rodoviária de Ouro Preto é interditada

O Terminal Rodoviário Oito de Julho de Ouro Preto, a rodoviária da cidade, está interditado, com interrupção das atividades, por motivo de deslizamento próximo ao local. A informação foi publicada na noite deste sábado nas redes sociais da Prefeitura de Ouro Preto.

De acordo com o Executivo, a ação é preventiva e dura até domingo (9), quando novas decisões serão tomadas após novas análise das equipes da Defesa Civil Municipal.

Ao final da tarde deste sábado, um vídeo foi compartilhado nas redes mostrando um deslizamento de terra no mesmo local onde, há mais de 10 anos, duas pessoas foram mortas após serem soterradas. O mesmo vídeo foi usado no alerta da prefeitura.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.