24.9 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 30 novembro 2022

Família de Cachoeira do Campo, em Ouro Preto, precisa da sua ajuda para tratamento de AVC de ex-servidora da prefeitura

Depois de anos trabalhando e ajudando pessoas, hoje a nutricionista Silvania Rossi precisa da sua ajuda

Opinião: Centro histórico de Ouro Preto tem Natal de Luz enquanto distritos vivem apagão de luz

A Ouro Preto de Natal vendida na imprensa estadual e nacional está longe da realidade da maioria da população, que está aflita com as chuvas, estradas em situação precária e o breu nas regiões longe dos holofotes culturais.

Lavras Novas, distrito de Ouro Preto (MG), recebe Projeto Sons e Sabores em outubro

Serão dias com muita comida boa e música

Lavras Novas, um dos 12 distritos de Ouro Preto (MG), é o primeiro a receber o Projeto Sons e Sabores, entre os dias 7 e 16 de outubro. Serão dias com muita comida boa e música. Idealizada pela empresa FCA e Pulsar Brasil, a iniciativa tem como proposta impulsionar o turismo, a cultura, a gastronomia e as pousadas locais, além de potencializar a cidade como um destino turístico.

O distrito mineiro oferece trilhas, cachoeiras, passeios a cavalo e de quadriciclo, tendo como destaque a vocação para o ecoturismo, principalmente, por ostentar a tirolesa em um ponto mais alto do Brasil, a 1.500 metros de altitude acima do nível do mar.  

Com aproximadamente 1.500 habitantes, Lavras Novas é apontado como um refúgio para quem deseja fugir da agitação da cidade, relaxar, descansar, contemplar as montanhas, ou tomar banho de cachoeira. A cidade também faz parte do Caminho Novo da Estrada Real.

Eberty Salles, um dos organizadores do evento, explica que o Projeto Sons e Sabores contará com a participação das doninhas, as cozinheiras e quituteiras locais. “As doninhas ganharão barracas para oferecer ao público iguarias tradicionais da culinária mineira”, conta.  “Vamos mostrar a arte  culinária caseira das doninhas de Lavras Novas. Elas poderão apresentar a delícia de seus pratos, de uma culinária simples e rica entre o cheiro e o tempero durante o festival”.

As atividades do projeto serão desenvolvidas no entorno da Igreja Nossa Senhora dos Prazeres, considerada o cartão postal da cidade. A igreja foi construída no século XVIII e se destaca pela sua importância história, cultural e pela beleza arquitetônica.

De acordo com Salles, o intuito desse projeto é fomentar a economia para todas as pousadas e restaurantes, bem como valorizar a cultural de Lavras Novas com a apresentação de shows com músicos locais.  Ele adianta que outras localidades já estão sendo mapeadas para receber o evento e citou Monte Verde, Diamantina, Poços de Caldas e Ouro Preto.

Na grade da programação cultural, o projeto apresentará shows com Bruno Felga, Thitonho, Carla Lima, Velotrol, Renan Scarpati e Lavras Novas Music Band.  Destaque dos shows será apresentação da banda JPG, projeto do músico João Ramalho, que tem um belo berço musical, pois é filho de Zé Ramalho e da Cantora Amelinha.

Na área de hospedagem e gastronomia, a iniciativa contará com a participação de: Esquina de Lavras, Restaurante Caiana, Bar do Claudinho, Armazém Santa Bárbara, Bar e Restaurante Zuim,  Dusprazeres Restaurante, Saideira, Restaurante Carumbe, Ricardo Ansaloni Fortes, Mansur e Carvalho Ltda, Amarzen, Café da Mata, Pousada Esquina das Lavras,  Pizza Nostra, Restaurante Bem te vi, Pousada Dona Rosa, Mineiríssimo,  Maria Ângela, Adoçarte e  Pouso dos Querubins.

Fonte: Komunic Comunicação

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: