O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Ouro Preto evolui e aparece no Top 10 entre os melhores índices de educação do país

Em Minas Gerais, Ouro Preto está apenas atrás de Viçosa quando o assunto é educação.

Rodolpho Bohrer 23 de novembro de 2021 às 16:02
Tempo de leitura
4 min

Ouro Preto aparece em 8º lugar entre as cidades do Brasil com melhor índice de educação avaliado pela pesquisa anual do Ranking Connected Smart Cities de 2021, da Urban Systems. Em 2020, a cidade aparecia na 26ª colocação, conquistando assim uma considerável melhoria no intervalo de um ano.

Para ranquear as cidades, a pesquisa considera 12 indicadores, sendo 11 concebidos para o próprio eixo de educação e 1 para o eixo de tecnologia e inovação. São eles:


  • vagas em universidade pública
  • média no Enem
  • docentes com Ensino Superior
  • IDEB
  • taxa de abandono
  • média de alunos por turma
  • despesas com educação
  • média de hora-aula diária
  • computador/aluno
  • força de trabalho ocupada no setor EDU
  • matrícula online escolar na rede pública
  • % de empregos formais de nível superior

Das 20 cidades mais bem posicionadas no recorte de educação, 9 estão na região Sudeste e 4 na região Centro-Oeste. Confira o ranking das 20 melhores cidades:

POSIÇÃOMUNICÍPIO (UF)NOTA
Vitória (ES)6,720
São Caetano do Sul (SP)6,703
Mineiros (GO)6,694
Breves (PA)6,638
Florianópolis (SC)6,598
Viçosa (MG)6,369
Santa Maria (RS)6,335
Ouro Preto (MG)6,316
Valinhos (SP)6,289
10ªPalmas (TO)6,232
11ªNiterói (RJ)6,212
12ªMorada Nova (CE)6,137
13ªColatina (ES)6,110
14ªBrumado (BA)6,099
15ªNova Venécia (ES)6,086
16ªIjuí (RS)6,063
17ªSão Mateus (ES)6,054
18ªItumbiara (GO)6,002
19ªCampo Grande (MS)6,002
20ªGoiânia (GO)5,995
Tabela das cidades do Brasil com melhores índices de educação

Como pode ser observado na tabela, em Minas Gerais, Ouro Preto está apenas atrás de Viçosa quando o assunto é educação.

Em 65ª lugar está a capital Belo Horizonte, com 5,384 pontos. Outras cidades mineiras aparecem no ranking Top 100. São elas: Lavras (21ª posição); Uberlândia (63ª posição); Araxá (93ª posição); Varginha (100ª posição).

Vale destacar que o recorte de Educação do Ranking Connected Smart Cities tem nota máxima de 12 pontos, com cada indicador apresentados anteriormente com peso de 1,0 ponto.

Desmembrando os dados de Ouro Preto

De acordo com o levantamento feito pela Urban Systems, no período avaliado para a classificação no ranking, considerando a pesquisa de 2021, Ouro Preto apresenta uma taxa de 54,8 vagas em universidades para cada mil habitantes. A média da nota do Enem entre os alunos da escola pública do município é de 499,5. Outro fator importante, 99,30% docentes do Ensino Médio possuem formação Superior. Além disso, o estudo revela que o município tem uma despesa de R$ 944,67 em educação por cada habitante.

Veja na imagem a seguir todos os índices que colocaram Ouro Preto na 8ª colocação nacional:

Fonte: Urban Systems

Onde Ouro Preto aparece nos outros indicadores

Educação é o melhor índice ao qual a cidade de Ouro Preto aprece no ranking que atesta os serviços inteligentes nas cidades. Contudo, o município é citado em outras frentes. No ranking de Governança, a cidade aparece na 40ª posição.

Nesse quesito, o município teve uma leve piora nos índices, já que em 2020 a cidade estava na 33ª posição. Para o índice de Governança, o levantamento considera os seguintes pontos:

  • Escala Brasil Transparente: 9,9
  • 8 conselhos entre os 10 conselhos avaliados
  • Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal: 0,778
  • Despesas com saúde acima de R$ 1.200 por habitante
  • Despesa com urbanismo acima de R$ 470 por habitante
  • Despesa com segurança próxima de R$ 200 por habitante

Outra aparição da cidade é no ranking de Economia, que considera os
indicadores como crescimento do PIB, renda média dos trabalhadores formais, crescimento de empregos, crescimento de empresas, entre outros. Nesse ranking, Ouro Preto surge na 85ª posição.

Nos demais indicadores, como Saúde, Mobilidade, Segurança, Meio Ambiente, Tecnologia e Inovação e Empreendedorismo, o município aparece fora do ranking que mostra as 100 melhores cidades.

Mariana entre os melhores no ranking de Segurança

A cidade vizinha Mariana aparece está em 20º lugar entre as cidades do Brasil com melhor índice de segurança. Os números representam uma queda, já que em 2020 a cidade estava situada na 3ª colocação.

Para ranquear as cidades, a pesquisa considera seis indicadores:

  • número de homicídios
  • motes no trânsito
  • despesa com segurança
  • número de policiais por habitantes
  • possuir um centro de controle de operações
  • monitoramento de áreas de risco

Saiba mais sobre os números de Mariana.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 24 de novembro de 2021 às 14:00