Copa do MundoEsporteFutebol

VAR novamente em jogo da Austrália, França classificada e Argentina dá vexame: o oitavo dia de Copa

A quinta de futebol na Copa foi cheia de emoções, boas para uns e ruins para outros. A Austrália fez seu segundo gol na competição, o segundo de pênalti marcado pelo VAR. A França contou com a jovem estrela Mbappé para se classificar antecipadamente às oitavas e eliminar a seleção do Peru e a Argentina de Lionel Messi e deu mais um vexame ao ser goleada por 3 a 0 pela seleção da Croácia. A derrota não foi bem digerida pelos hermanos e choveram críticas ao goleiro Caballero, ao técnico Jorge Sampaoli e a Lionel Messi.

Mas vamos por partes. A primeira partida da Copa do dia foi entre Dinamarca e Austrália.  Com a bola rolando, a seleção dinamarquesa não demorou a pular na frente do placar. Logo aos 7 minutos do primeiro tempo, o meia Christian Eriksen, do Tottenham colocou os europeus à frente, após bela jogada. Mas ainda no primeiro tempo, o VAR voltou a aparecer a favor da Austrália, como foi no jogo contra a França. Após lançamento na área, a bola tocou no braço de um dinamarquês, o juiz de início mandou seguir, mas logo paralisou a partida para consultar o árbitro de vídeo. Após a consulta , apontou a marca da cal, assinalando pênalti para os australianos. Mile Jedinak foi para a bola e converteu, dando números finais ao confronto. Com o resultado a Dinamarca ficou próxima da classificação para a próxima fase, só dependendo de um empate contra a França. Já a Austrália tem que vencer o Peru e torcer por uma derrota dinamarquesa para passar à próxima fase.

Em seguida se enfrentaram França e Peru. A França precisava de uma vitória para se classificar antecipadamente para as oitavas de final e o Peru jogava a vida na competição. Uma derrota eliminaria os sul-americanos. O que se viu em campo foi uma partida muito disputada e com boas chances de gol para as duas equipes. E apesar do alto índice de finalizações (12 da França e 10 do Peru) a partida terminou com o placar mínimo. 1 a 0, com gol de Kylian Mbappe, que com 19 anos fez seu primeiro gol em Copas do Mundo.

E a partida com maior repercussão do dia foi o baile, ou melhor Tango, croata em cima da Argentina. A equipe de Jorge Sampaoli entrou pressionada em campo pelo mal resultado na estreia da competição e conseguiu sair de campo mil vezes pior. O que se viu em campo foi uma equipe desorganizada e apagada que mal assustou a ótima Croácia. Grande esperança dos argentinos, Lionel Messi deixou a desejar mais uma vez, tendo atuação abaixo da crítica e acumulou mais um fardo entre tantos que ele acumula com a camisa albiceleste.

O primeiro gol da partida saiu após lambança do goleiro Willy Caballero, que saiu jogando mal com os pés e entregou a bola para Rebic, que de primeira acertou um chutaço para abrir o placar. A Argentina sentiu demais o gol e se desestabilizou em campo. A Croácia, que não tinha nada com isso, foi pra cima e logo fez o segundo num lindo chute de fora da área de Modric. A partir daí a Argentina era só desespero. E com esse cenário os argentinos erravam cada vez mais e logo abriu se a brecha para o terceiro gol Croata. Após chute de fora, Caballero deu rebote, Kovacic e Rakitic tabelaram dentro da área e o meia do Real Madrid tocou para o armador do Barcelona empurrar para as redes, num gol que mostrou claramente o que foi o jogo. Uma Argentina prostrada, derrubada, envolvida e uma Croácia fria, calculista e impiedosa. Agora os hermanos tem que torcer para a Islândia não vencer a Nigéria na partida desta sexta, ou a situação vai ficar muito feia.

Leia também: Goleiro falha, Croácia domina e Argentina se complica na Copa

Facebook Comentários

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios