PolíticaUniverso dos Livros

‘O Príncipe’: um livro perigoso e inspirador

Lançado há mais de 500 anos, “O Príncipe”, de Nicolau Maquiavel, tornou-se um dos livros políticos mais importantes da história.

O propósito justifica os meios. Esta é a máxima simples e pragmática da obra principal de Nicolau Maquiavel, “O Príncipe” (“Il Principe”). Já em 1513, o filósofo de Florença escreveu seu manual de poder político, que, como nenhum outro, dividiu mentes.

Como deve ser um governante ideal da Renascença (período da história da Europa aproximadamente entre meados do século XIV e o fim do século XVI)? Essa é a questão central que Maquiavel discute.

Segundo Maquiavel, o requisito básico para um estado forte é a capacidade do governante de defender seu poder por qualquer meio possível – a qualquer custo. Um príncipe poderia, portanto, mentir para seus oponentes, enganar, reprimir e até mesmo assassinar, desde que a estabilidade do Estado fosse garantida.

Sem dúvida, o pequeno ensaio oferece suficiente superfície de ataque para demonizar seu autor. No entanto, Maquiavel não apoia totalmente a imprudência e a violência. Ele também não justifica os objetivos que parecem exigir violência. Por outro lado, ele não alinha suas máximas com o código moral cristão, mas simplesmente com a prática da dominação.

No século XVI, o termo “maquiavelismo” foi cunhado: Um maquiavelista – que é um tirano completamente traiçoeiro e cruel, a quem todos os meios para alcançar seus objetivos estão certos. O fato de que ditadores como Hitler e Mussolini se identificaram muito com o livro fez o resto para desacreditar o trabalho e o autor até os dias atuais.

Maquiavel revolucionou a visão do homem – da maneira como realmente é nas circunstâncias dadas, não como deveria ser de um ponto de vista moral eterno. O interesse cognitivo de Maquiavel era, como ele mesmo disse, a “verità effettuale della cosa”, ou seja, a verdade real da questão: empirismo em vez de moralidade, fatos em vez de ficções.

O livro pode te conduzir para um caminho de intensa sabedoria ou te jogar num abismo. Tudo depende do leitor, não do autor.

O Livro pode ser encontrado no site da Editora Pé da Letra.

Deixe seu comentário

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar